Viagem ao limite do Universo

A National Geographic tem talvez um dos melhores documentários sobre a nossa atual compreensão do universo. O documentário é desenvolvido inteiramente por animação gráfica computadorizada, com uma narração simples, informando e guiando o espectador sobre todos os avanços e descobertas que a humanidade fez ao longo de todo percurso da exploração espacial.


Elaborado com uma linguagem simples, as informações mais relevantes assim como  o que foi apreendido  com as descobertas estão todas presentes. A forma como as informações são apresentadas em conjunto com as imagens incríveis fazem com que seja possível compreender o que já foi descoberto e qual o seu impacto na nossa perspectiva humana.

Evidente que precisamos nos preocupar com nossa condição frágil no universo, somos bilhões de espécies em um planeta condenado por tempo de validade, em um universo que de acordo com a probabilidade, deveria certamente ter outros planetas onde nossas espécies poderão habitar. Encontrar este lugar não está sendo fácil. Existe também o interesse humano de tentar contatar outras espécies, e apesar de até o momento não termos de fato encontrado, ainda assim é extremamente animador ver quanto estamos nos primeiros passos em relação a exploração e compreensão do universo.

O documentário reúne uma explicação sobre todos os planetas em nosso sistemas solar, explora nossa constelação e se aprofundo nos limites do universo.
Para quem quer entender sobre o espaço, e principalmente entender o esforço que está sendo realizado para obter e captar estes dados, este é um dos melhores documentários que já assisti em termos de condensação e clareza de informações.

Disponível em DVD diretamente no site da National Geographic, toda locadora deveria ter pelo menos um exemplar deste documentário a disposição para seus clientes. Este é o tipo de documentário que ao ser assistido certamente te deixará pensativo. Extremamente recomendado para assistir com a família e comentarem depois.

É incrível poder visualizar e começar a entender o universo, assim como enfrentar os desafios de frente.
Em pensar que apenas 500 anos atrás, não tínhamos nenhuma ideia das coisas que estão neste documentário.
Abaixo uma versão em baixa definição que encontrei no Youtube.