Vender produtos através da Internet pode ser solução para enfrentar a crise

Toda empresa independente do tamanho precisa conseguir chegar aos seus clientes, principalmente durante uma  crise onde seus clientes não podem sair de casa.
A Internet é a solução para que empresas consigam seguir vendendo seus produtos em estoque enquanto a pandemia global continua sem resolução.  Ao que especialistas indicam, não haverá uma solução tão cedo, portanto o melhor que as empresas e principalmente pequenos negócios podem fazer é  se prepararem para enfrentar a crise mundial de forma criativa.
Agora mais do que nunca a Internet tem um papel central em conectar pessoas e também de fazer vendas.
Para muitos este universo digital é novo, pois apesar de utilizar a Internet para ações diárias, sempre usaram a Internet como usuários e nunca se viram na situação de precisar compreender melhor certos aspectos da Internet que fazem toda diferença para converter vendas.
As grandes empresas que já vinham usando a Internet como uma aliada para a conversão de clientes, atendimento e outros serviços e funcionalidades seguem operações online normalmente.  São as pequenas empresas que dependiam exclusivamente dos clientes de presença física,  entrando em suas lojas, que tem o maior prejuízo e o maior caminho para percorrer se quiserem se manter operando durante a quarentena e a epidemia.
Por este motivo decidi escrever esta matéria. Depois de trabalhar mais de 20 anos com desenvolvimento web,  me sinto na obrigação de compartilhar alguns atalhos que podem tornar qualquer iniciativa comercial capacitada para vender através da Internet.

Receber Pagamentos Online

O primeiro e mais importante passo a ser dado é ter uma forma de receber dinheiro através da Internet,  e nesse caso, não serve apenas ter uma conta bancária, pois nem todo mundo está podendo comprar tudo à vista.
Apesar de muitos bancos oferecerem soluções de venda presencial através das maquininhas, as soluções que os bancos fornecem para o ecommerce (venda online) deixam muito a desejar, principalmente pela falta de opções fáceis de implantação.  Muitos bancos até possuem os sistemas para receber cobranças online, mas em grande maioria, as ferramentas precisam ser integradas a sua loja online, esta integração você teria de desenvolver, o que em muitos casos significa ter conhecimento de programação de determinadas linguagens de programação.
A melhor alternativa é buscar uma solução mais fácil, que possa ser rapidamente integrada e implementada na sua loja virtual.
Pensando nessa problemática que há muitos anos surgiu o Paypal. A empresa fazia apenas um serviço,  cobrar de clientes e repassar o valor para os vendedores, cobrando uma pequena taxa pelo serviço.  Foi assim na verdade que surgiu o comércio digital e é assim que ele existe até hoje. Existem diversas empresas pelo mundo todo que prestam este serviço de fazer o "meio de campo " entre o vendedor e o cliente.
O Paypal está presente no Brasil mas existem outras soluções que são similares e que podem ser mais vantajosas. A principal opção para quem deseja efetuar vendas online fazendo vendas por cartões de crédito,  a aceitando a grande maioria dos cartões que existem no Brasil além de opções de pagamento através de boleto bancário é o PagSeguro.
O PagSeguro tem algumas vantagens que nenhum outro serviço de intermediação de vendas online oferece.

  • Uma conta bancária digital
  • Um cartão que você pode usar para fazer pagamentos e sacar seu dinheiro
  • Opções para criar botões de pagamento que você pode colocar no seu site
  • Opções para gerar links de pagamento que você pode enviar por mensagem ou por email
  • Ferramentas que integram de forma praticamente automática com sistemas de lojas online

Então resumindo rapidamente,  você pode criar uma conta gratuitamente no PagSeguro onde você passa a ter uma conta bancária digital (e com essa conta você consegue transferir dinheiro para qualquer conta em qulquer banco, pagar contas de luz, telefone, boletos, recargas de celular, entre mais diversos outros recursos) , você recebe um cartão que te permite pagar compras em lojas e sacar em bancos 24horas, e ainda te dá todas as ferramentas e recursos para que você possa fazer vendas inclusive parcelado para seus clientes.


Registro de Domínio


A segunda decisão que é na verdade super importante é o registro do seu domínio.  Ter o seu endereço digital, o endereço do seu website.  Esta decisão é muito importante por vários motivos:
Você precisa escolher um endereço que represente sua empresa na Internet, porém diferente de escolher um usuário em uma rede social que você pode mudar posteriormente e seguir conectado com todos seus contatos, o domínio é uma escolha definitiva. Se por acaso você decidir mudar, você terá de adquirir o registro de um novo domínio e todas pessoas que tinham o endereço antigo não serão automaticamente direcionadas ao novo endereço.  Todos os links em todos os sites que por ventura estavam apontando para seu domínio antigo não irão se atualizar,  e isso pode ter um impacto grande na decisão de mudar de domínio,  pois perder estes links pode significar que as pessoas não irão encontrar teu negócio.
Quanto mais tempo seu endereço estiver online mais pessoas podem linkar seu site, mas mais importante que isso, mais conteúdo que você publicar estará catalogado  nos sistemas de busca e isso faz com que centenas de pessoas acabem sendo direcionadas para seu site. Mudar o endereço do  site significa perder toda esta indexação e começar do zero.

Extensões de domínio
É também muito importante saber que existem diversas extensões para um domínio.  Não é somente o .com.br que existe. De fato existem dezenas de opções portanto vale a pena pesquisar e usar da criatividade para registrar um domínio que seja fácil de lembrar,  fácil de pronunciar e fácil de soletrar. A última coisa que você quer é perder um possível cliente porque ele não soube como escrever corretamente o seu endereço na Internet.

 

O Website


Depois de escolher cuidadosamente seu endereço na Internet é preciso fazer uma outra escolha muito importante: como vai ser o seu website? Existem diversas plataformas na Internet que oferecem sites pré-prontos.  Algumas são mais fáceis de gerenciar, outras mais complicadas, algumas geram melhores resultados em pesquisas e buscas, outras não indexam tão bem.

Wix - Esta é uma ferramenta que é paga, você pode usar todos os modelos que os caras oferecem, porém, para loja online a estrutura pode ser bastante limitada, principalmente se você quiser em algum momento mudar de serviço, pois o Wix não te fornece de fato o site, ele te aluga. Além disso o Wix não permite que você troque de modelo do site após o site estar com o modelo já escolhido, portanto se quiser mudar o visual do site, você terá de começar do zero. Pra mim pessoalmente, o maior problema em usar a plataforma Wix para mim, além das questões mencionadas acima é que o Wix não indexa bem em sistemas de busca. Se sua atividade tem uma grande quantidade de concorrentes online, dificilmente seu site aparecerá em primeiro lugar nas buscas.

Google Sites - Esta é uma ferramenta muito mais simplória e modesta, mas é também muito fácil de utilizar. Não exatamente um sistema de vendas online, mas se você tem uma quantidade pequena de produtos ou serviços, você pode usar esta ferramenta para incluir seus produtos e usar a opção do Pagseguro de criar links ou botões para que seus clientes efetuem as compras. A grande vantagem do Google Sites é que ele fica hospedado nos servidores do Google, que são extremamente potentes e estáveis, porém se por algum motivos você decidir migrar de serviço, você não consegue levar o site embora, o site funciona unica e exclusivamente dentro da plataforma deles. O lado positivo é que a ferramenta é gratuita.

Magento - Esta é uma ferramenta que você pode instalar a partir de uma conta de hospedagem com PHP+MySQL, algo que a grande maioria dos servidores de hospedagem oferecem. O Magento é uma estrutura pré-pronta que você pode configurar, comprar temas (que são o design frontal) e personalizar toda estrutura. Apesar do Magento ser uma plataforma extremamente preparada para e de fato criada para lojas online, ela tem uma curva de aprendizado muito acentuada, ou seja, você vai levar um bom tempo para entender todas as ferramentas e funções da estrutura que, ao meu entendimento pessoal, é difícil de operar e requer um conhecimento talvez um pouco mais avançado para implementação e utilização, porém é uma das ferramentas mais utilizadas por empresas que oferecem vendas online na Internet. O investimento vai depender do servidor de hospedagem que você decidir contratar. Neste quesito é importante lembrar que nem sempre provedores de hospedagem para sites tem a mesma integridade, portanto servidores mais baratos podem em muitos casos estarem oferecendo serviços menos estáveis. O Magento possui ferramentas de integração automatizada com o Pagseguro e o Paypal, portanto você só precisa configurar a integração, e posteriormente adicionar os produtos que o sistema gerencia o carrinho de compras, estoque de produtos e efetua a venda através do Pagseguro ou Paypal entre outras plataformas de pagamento.

WooCommerce no WordPress - Este para mim é a combinação ideal e vou explicar os motivos de achar isso.
O WordPress é um sistema de gerenciamento de conteúdo muito versátil, apesar de ter iniciado como um blog, através de plugins (Como o Woocommerce) o WordPress pode ter infinitas utilidades e funcionalidades, isso por si só já ajuda a gostar da ferramenta. Mais do que isso, o WordPress é um sistema que tem em muitos casos mais de uma solução para cada necessidade, são diversos desenvolvedores, atuando de forma independente, solucionando problemas de formas diferentes, portanto você tem mais alternativas para tudo que você quiser fazer.
O Woocommerce é um plugin do WordPress que por si só é uma ferramenta completa para efetuar vendas online e após instalar o plugin ele já tem dá uma opção passo a passo para configurar sua loja. Você tem diversas opções de organização de categorias, tags de produtos, opções de inserção de produtos com variações, relacionamento de produtos similares, e com outros plugins é possível estender ainda mais a funcionalidade da loja, como por exemplo o plugin do Pagseguro desenvolvido pelo Claudio Sanches, além de opções de Correios que permite calcular valores de frete, além disso existem plugins para criar listas de desejos, ideal para quem está fazendo aniversário, casamentos, enchoval, etc.

A grande diferença do WordPress é que ele é uma estrutura que age como plataforma, mas você pode determinar a interface de usuário dele, e nesse sentido o WordPress é imbatível em relação a opções. São literalmente centenas de milhares de Temas incríveis com funcionalidades adicionais que você pode adquirir, além de uma infinidade de Temas gratuitos.
Então você pode, através do WordPress, instalar um Tema incrível, que seja compatível com o Woocommerce, instalar o Woocommerce e ter uma loja fantástica rapidamente.

Agora, existe um segredo importante sobre o WordPress que é muito importante: Existem duas opções de WordPress, uma é a opção hospedada, que fica no WordPress.com, esta opção é bastante restritiva com relação aos temas e plugins que você pode usar, pois precisam estar disponíveis na plataforma, e você não pode carregar um plugin próprio ou que você adquiriu. A alternativa mais acertada e que eu considero ideal é a opção hospedada. Antigamente você precisava saber instalar o WordPress, que não é um bicho de sete cabeças, mas hoje em dia, a grande maioria dos servidores de hospedagem já contam com ferramentas de instaladores automáticos, portanto você basicamente clica em um botão e pronto, o WordPress está instalado.

 

Produtos para Vender

Depois de ter feito todas estas decisões, o importante se torna focar nos produtos. Algo que muitas empresas fazem errado é ter imagens com tamanhos e formatos diferentes para todos produtos, o que faz o catalogo de produtos ter uma aparência muito amadora. Quando olhamos para uma catálogo online de produtos a venda, é importante que os produtos estejam de certa maneira organizados não somente através de categorias, mas também visualmente organizados. Estarem com tamanhos similares na imagem, as imagens terem o mesmo tamanho entre elas, e uma coisa que pode fazer bastante diferença na hora de converter a venda é ter mais de uma imagem para cada produto.
Outro detalhe que é muito importante são as informações com relação ao produto. Quanto melhor você conseguir descrever este produto, melhor será o resultado em relação ás buscas. Pessoas que fazem buscas online pelo seu produto ou serviço, só vão encontrar seu site com seu produto se a descrição do produto tiver as informações que as pessoas procuram.

Distribuição das informações

Por último, também é muito importante pensar em como distribuir as as informações a respeito dos produtos que você disponibiliza. Como você tem um site com os produtos a disposição e provavelmente cada produto ou serviço tem um endereço exclusivo, você pode criar uma Página no Facebook, um perfil no Twitter, no Instagram, e começar a postar os links destas páginas dos produtos aos poucos nos perfis, usar as opções de convidar amigos, participar de grupos, e vender seus produtos diretamente em seu website.
O Woocommerce, que mencionei antes, pode inclusive integrar com o Instagram, permitindo que você adicione links diretamente do Instagram para seus produtos. 
Opcionalmente, se você tem algum dinheiro para investir, você pode investir em posts pagos para divulgar produtos individuais, ou divulgar o seu perfil ou página para ampliar o seu público.

 

A forma mais fácil e rápida 

Espero que tenha gostado da explicação longa que dei sobre vender online.
Se você quer simplificar todo este processo e ter uma loja virtual por um valor extremamente baixo, utilizando a plataforma WordPress com o Woocommerce instalado e ainda receber videoaulas exclusivas que ensinam como gerenciar toda loja, você pode também utilizar os serviços do Modelos de Lojas .
Lá foi feita uma busca por uma estrutura prática e de fácil implementação e tem uma equipe de pessoas prontas para fazer a inserção de seus produtos e te ajudar com todo o processo de gerenciamento.
A grande ideia é justamente impulsionar vendas online com ferramentas e opções competitivas e de alta performance por um custo extremamente baixo.
Acesse e confira as opções e se houver dúvidas entre em contato com o pessoal.

Boas vendas!