Vaticano solicitava aos bispos da Irlanda para não relatar sobrer casos de abuso

Uma nova carta de 1997 do Vaticano avisava os bispos católicos da Irlanda para não comunicarem todas as suspeitas de abuso de crianças para a polícia porque isso viola as leis canônicas da igreja!
A carta, obtida por disseminadores foi cedida na terça-feira para a Associated Press, documenta a rejeição do Vaticano na época em que a igreja irlandesa teve a iniciativa de ajudar a polícia para identificar os padres pedófilos.
Na carta o diplomata do vaticano na Irlanda, arcebispo Luciano Storero, disse aos bispos que um painel de seniors da igreja em Roma, a Congregação para o Sacerdócio, havia decidido que a política de entregar os casos de acusação de abuso que estavam sendo reportados pela igreja afirmam conflitar com as leis canônicas da igreja.
Luciano Storero é específico na carta ao dizer que a lei canônica deve ser "meticulosamente seguida".
O vaticano recusou todas as propostas de leis da igreja da Irlanda por terem em suas propostas a obrigatoriedade de entregar a polícia todos os casos de acusação.
Se você é católico: Sinta-se envergonhado.
Fonte: Yahoo