Vaticano recusa extraditar arcebispo Polonês acusada de abuso infantil

O Vaticano se recusou a extraditar o arcebispo Polonês que foi acusado de abuso infantil enquanto servia como núncio papal na Republica Dominicana.

Dominican Republic Vatican Ambassador

O Vaticano informou que o arcebispo Jozef Wesolowski era uma cidadão do Vaticano e a lei do Vaticano não permite extradição e que o Vaticano estaria fazendo sua própria investigação do caso.

O arcebispo Weolowski foi dispensado como núncio papal na Republica Dominicana em agosto de 2013 e foi chamado para o Vaticano onde se acredita esteja morando agora. Ele e um padre Polonês, padre Wojciech Gil foram acusados de abusar sexualmente de jovens meninos.

Foto de Catholic Radio