Um site tem diversas páginas de entrada

links01
Estes tempos um cliente me fez uma solicitação que foi o motivo de iniciar esta matéria.
Meu prospecto me solicitou que se fizesse o seu site de forma que o domínio permanecesse sempre o mesmo. De imediato eu já tive de repreender o ainda futuro cliente sobre a péssima escolha.

Se analisarmos utilizando ferramentas de monitoramento de acessos como o AwStats, ou o Google Analytics, veremos que em maioria dos sites os visitantes entram no site em sua grande maioria através de páginas internas do site.

Isso ocorre porque os internautas utilizam com grande freqüência sites de busca para localizarem o conteúdo que procuram. Os sites de busca por sua vez, indexam as diversas páginas dos sites separadamente, catalogando cada página pelo conteúdo que nela consta, assim, se você tem uma página exclusiva para um conteúdo que esta sendo pesquisado, o site de busca indica esta página para ser visualizada, ao invés de enviar o visitante para a capa do seu site, onde ele teria de procurar e pesquisar o conteúdo.

O trabalho dos sites de busca e indexadores de conteúdo na internet se tornou muito eficiente neste tipo de indicação de conteúdo, e um conceito de publicação web que tornou isso possível foi justamente os sites gerarem páginas exclusivas para cada conteúdo.

Na verdade o ideal é que o site tenha sua capa,  mas tenha também uma página com a listagem das matérias, muitas vezes divididas em tópicos ou categorias, cada tópico ou categoria gera uma, ou um grupo de páginas.
Cada matéria tem uma página específica, cada produto ou serviço tem sua página.

O objetivo disso é bem simples de entender, é muito mais fácil alguém indicar um conteúdo do seu site se puder indicar um endereço que aponte diretamente para o local onde se encontra o conteúdo.

Para você ter uma idéia desta lógica basta você mentalizar  como seria complicado indicar para alguém que o Revista Internet tem uma matéria sobre um determinado assunto, mas indicar somente a capa do site. Certamente você teria de dar algumas diretrizes do que pesquisar ou onde clicar para que a pessoa que você está indicando o conteúdo consiga encontrar o que você esta sugerindo, e mesmo assim não há garantias de que a pessoa irá realmente encontrar o que você está indicando.

Agora, se você conseguir simplesmente copiar o endereço direto da página do conteúdo, você tem a facilidade de simplesmente passar o endereço e pronto, a pessoa para quem você está indicando o conteúdo vai aterrizar na página indicada por você e vai ter acesso imediato ao conteúdo.

Infelizmente meu cliente não havia percebido isso, e estava mais preocupado em assegurar que seu endereço fosse salvo por todos os que salvassem sua página, no caso dele, ele tinha motivos para se preocupar, pois ele tem uma ferramenta totalmente exclusiva que é muito utilizada. Mas a estrutura do site antigo dele, transformava a página inicial em um menu, e todas as outras páginas não continham o menu, somente a opção de voltar para a capa. Ele temia que as pessoas fossem acessar somente a ferramenta sem conhecer os serviços e produtos oferecidos pela empresa dele.

Sugeri então que se colocasse menu em todas as páginas, e na página da ferramenta, se colocasse banners e opções que chamassem a atenção dos visitantes aos seus serviços e produtos. Assim teríamos cada página com um endereço próprio, como é o ideal, e ao mesmo tempo utilizaríamos a página da ferramenta, que seria uma forte página de entrada no site, para atrair atenção dos visitantes para outras areas do site.
Felizmente o cliente concordou.

Com as redes sociais este tipo de conceito de publicação se torna ainda mais evidente. Algumas redes sociais possibilitam indicar endereços de conteúdo, colocar uma descrição e até dar uma nota para o conteúdo daquele endereço.
As pessoas indicam textos, fotos, vídeos, e todo tipo de conteúdo para as suas redes, que por sua vez visualizam o conteúdo indicado e podem efetuar suas avaliações. Quando se indicam textos, geralmente o endereço do link é diretamente da página do texto, assim como imagens ou fotos.
Poder indicar diretamente o endereço do conteúdo é uma das maiores chaves da velocidade para se encontrar o que se procura nos sistemas de busca e uma das melhores maneiras de ter um conteúdo avaliado corretamente em redes sociais de indicação de links.

Cada página do seu site pode ser uma possível pagina de entrada de visitantes, portanto se você criar uma estrutura que seja propícia para gerar endereços diferenciados para cada conteúdo, para cada tipo de listagem, para cada produto, ou serviço, você só terá benefícios no sentido de receber acessos. Mas existe ainda outra vantagem.

Além de ser um fator decisivo para ampliar os acessos e tornar o site melhor indexado em sites de busca e amigável para quem utiliza redes sociais, o fato de você ter o conteúdo todo separado facilita para você estudar de onde vem os acessos e determinar quais os conteúdos, ou produtos e serviços mais buscados em seu site.
De fato, você separando o seu conteúdo você vai saber qual página os visitantes utilizaram para entrar em seu site, e isso pode ser uma informação muito valiosa se você está buscando informações sobre o interesse de seu público, seja ele consumidor de produtos, contratador de serviços ou simplesmente pesquisador de conteúdo. Estas opções não se tornam disponíveis no momento em que você tem um site que só possibilita salvar um endereço, e portanto ter apenas uma porta de entrada.

Portanto, quando você decidir fazer seu site, tenha em mente estas questões de endereçamento exclusivo para cada parte do site, assim ampliando ao máximo a sua capacidade de receber visitas e ao mesmo tempo tornar seu site o mais bem indexado possível.

Na verdade, existem hoje inclusive ferramentas como o Delicious (veja uma matéria sobre o Delicious) que ajudam a salvar o endereço de cada parte do site individualmente, e não posso deixar de mencionar o YouTube, que disponibiliza ao lado do vídeo o endereço direto para aquele vídeo específico.

Dúvidas e comentários são bem vindos.