Trump incita violência e invasão do Congresso para interromper validação da eleição

Extremistas invadiram o capitólio nos EUA em Washington DC com violência, impedindo a validação da eleição americana temporariamente, felizmente após a retomada do controle e da ordem pela polícia, exército e guarda civil, os legisladores retornaram ao prédio para finalizar o trabalho.
Antes do ataque terrorista onde até mesmo a bandeira dos confederados estava presente, os legisladores aliados ao Trump estavam contestando os resultados em alguns estados, mas após as ameaças, os aliados de Trump recuaram, inclusive seu próprio Vice Presidente, além disso membros importantes da equipe de Trump também renunciaram ao cargo, deixando claro e evidente á todos que estavam publicamente repudiando a forma como o  Donald Trump lidou com toda situação.
Ele chegou a postar no Twitter que amava os invasores insurgentes.

Trump tentou um Auto Golpe mas foi terrivelmente mal sucedido e perdeu praticamente todo e qualquer apoio que poderia ainda ter.

No Brasil o presidente Jair também teve seu momento de elogiar publicamente as milicias.
Em declarações recentes assinalou para sua base eleitoral, ou o que restou dela, que as eleições no Brasil poderiam sofrer problemas piores caso o voto fosse realizado através de urnas eletrônicas, a ideia é de que o voto seja impresso.
Devemos porém lembrar que este é o mesmo discurso do Jair quando disse que as eleições de 2018 haveriam sido fraudadas e de que ele deveria ter vencido no primeiro turno, o que traz o questionamento por que o segundo turno o elegeu, se havia toda essa suposta fraude.

As acusações do Jair, presidente do Brasil até o momento não tiveram nenhuma comprovação factual e ele segue na presidência do Brasil ainda espalhando rumores sobre a possibilidade de fraude em eleições.

Supporters of US President Donald Trump enter the US Capitol on January 6, 2021, in Washington, DC. - Demonstrators breeched security and entered the Capitol as Congress debated the a 2020 presidential election Electoral Vote Certification. (Photo by Saul LOEB / AFP) (Photo by SAUL LOEB/AFP via Getty Images)