Se beber não dirija


O Álcool é um dos maiores causadores de mortes, eu não bebo fazer vários anos, não sinto falta. Nunca fui alcoólatra, mas já vi de perto várias vezes pessoas sofrendo pelo alcoolismo. Álcool impede o funcionamento pleno do cérebro, e após sua ingestão certos sentidos são perdidos.
Lubrificante social, o produto é disponibilizado em anúncios na televisão, enquanto o cigarro é proibido. O álcool é vendido livremente em todos os lugares do pais, enquanto drogas mais leves como  a maconha ainda são proibidos.

A pior combinação com o álcool com certeza é dirigir, pois é nesta combinação que estão os maiores índices de sofrimento, onde um motorista embriagado pode causar danos, perdas e sofrimento eterno para a vida de muitas pessoas.

As campanhas para não dirigir embriagado, por se tornarem tão comuns, e até mesmos as empresas que vendem bebidas, não tratam este assunto com a seriedade que deveriam, nem mesmo os estabelecimentos comerciais que montam toda sua estratégia existencial em cima do consumo do álcool parecem se preocupar.

Tomara meu caro leitor, que você nunca tenha de passar por um acidente por causa de alguém embriagado, tomara que nunca aconteça com alguém que você conhece.

É uma questão de responsabilidade social, de pessoas preservando pessoas para o bem das pessoas.

 

A TAC para comemorar 20 anos de publicidade para a esta causa lançou o vídeo acima com cenas de todos os comerciais, exibindo as cenas que ajudaram a baixar as mortes e acidentes nas datas comemorativas na Austrália.

 

 

Encontrei este vídeo no blog Nos passos da maturidade e achei muito pertinente compartilhar.