Presidente Johnny Bravo - O idiota

Chega a ser ridículo o momento em que um presidente se compara a um personagem que é uma caricatura do que há de mais podre e estúpido no gênero masculino.
O personagem em questão é uma sátira muito bem feita de tudo que é estúdio, superficial e machista nos homens rasos da sociedade. É uma forma de satirizar fortemente a masculinidade frágil, a insegurança masculina que se disfarça de fortão e confiante, mas por trás disso está um ego gigantesco junto a uma burrice descomunal.
A infeliz é talvez muito acertada comparação que presidente brasileiro Bolsonaro fez com o personagem caricato é de certa forma um bom exemplo de quem é verdadeiramente  o presidente eleito no Brasil.
Diariamente o Bolsonaro expõe falas que demonstram sua total falta de conhecimento sobre a grande maioria dos assuntos e sua absoluta vontade de governar como se o Brasil fosse dele e não do povo Brasileiro.
Um presidente que vem se demonstrando ineficiente, imprudente, e com sua família praticamente toda em cargos públicos, o presidente Brasileiro ter se comparado a um personagem tão escroto e escrachado, faz mais sentido do que ele próprio possa entender fazer.

Para entender melhor, vale a pena ler o artigo da Veja.