Os bons tempos da Internet nunca mais voltarão

Será que pesquisas monitoradas são algo realmente ruim e que devemos nos preocupar com isso?
Para muitas pessoas parece evidente que sim, existe uma grande quantidade de sites que começam a sugerir que isso pode ser um grande problema. Quando você faz pesquisas por determinadas coisas na Internet você já deve ter percebido que dependendo do tipo de busca realizada, banners em sites que você está navegando começam a sugerir opções de produtos e serviços do mesmo teor e as vezes até mesmo da mesma marca de site que você estava navegando.
É muito comum isso acontecer porque sistemas como o Google mantém um sistema de monitoramento em tempo integral em tudo que podem, ou seja, eles fornecem ferramentas para que você faça pesquisa, mas lá no site que você está navegando eles também fornecem ferramentas para exibição de publicidade. Isso não necessariamente é ruim, afinal você ver propagandas de produtos que já te interessam podem te ajudar a decidir optar por comprar ou não este produtos, principalmente se a publicidade está informando alguma promoção, ou algum local que seja perto de você que tenha o produto ou serviço desejado.

monitoramento-web

O problema todo está no fato de que parar conseguir esta solução, os sistemas estão literalmente logando tudo que você está buscando, e em alguns casos até mesmo os sites que você está navegando, e usando estas informações para gerar um perfil sobre você. Este perfil então se torna cada vez mais eficiente a medida que você segue utilizando estes recursos, o grande problema está justamente nesta coleção de dados que podem parecer aleatórios para uma pessoa comum, mas são a chave para a vida de qualquer pessoa.
Analisando dados de busca e de acesso de uma pessoa é possível entender o que ela gosta, o que ela precisa, e até mesmo situações dentro de suas residências, informações que são na verdade totalmente privadas e deveriam ser tratadas de forma sigilosa.
Experimente ficar uma semana toda fazendo pesquisas sobre alguma doença a partir de um único computador e você começará a receber diversas comunicações sobre hospitais, tratamentos, médicos, etc.
Estas informações nas mãos erradas podem causar um estrago bastante grave. Se alguém tem acesso a estes dados pode muito bem saber até mais sobre a vítima do que a própria pessoa.

Recentemente temos visto que os sistemas são totalmente vulneráveis, desde hackers atacando sites até mesmo governos utilizando redes sociais para servir como ferramenta de investigação da vida das pessoas. E até mesmo ex-namorados investigando a vida de seus ex-parceiros.

Existe evidentemente a necessidade das pessoas decidirem o que elas querem compartilhar, portanto é necessário que as pessoas consigam escolher o que buscar em um ambiente "monitorado" e logado, e o que elas querem buscar sem ter nenhum dado salvo.
O problema é que ninguém quer ter de utilizar mais de um navegador, e são poucas pessoas que realmente fazem busca pela mesma informação em mais de um ou dois buscadores, portanto quanto mais sites como o Duck Duck Go ou o Startpage começarem a receber as buscas das pessoas, menor serão as chances para sites como o Google.

A Internet está crescendo e com isso, ficando cada vez mais madura, e já passamos da inocência de pensar que as coisas são simples e fáceis, a realidade é que existem profissionais muito bons que investem grande parte do seu tempo para encontrar dados e informações sobre pessoas e depois usar estas informações para obter acesso a outros dados, como por exemplo até mesmo os dados de sua conta bancária, aquela que está inativa, só segurando aquele dinheiro, e que você nem confere e vai demorar para se dar conta que o dinheiro sumiu. Até mesmo criminosos usam a internet para planejar assaltos reais  de estabelecimentos e de residências.

É preciso evidentemente se começar a repensar um pouco algumas das estratégias.

Se torna notório todo dia principalmente para quem utiliza a internet a mais de uma década que a situação das buscas estão monitoradas estão cada vez mais presentes em nossas vidas, começamos a ver nossas escolhas se voltando contra nós mesmo através de publicidade de coisas que não queremos mais ver, coisas que já decidimos não comprar ou não participar.

O Facebook perde usuários diariamente e já teve milhares de reclamações sobre suas políticas de utilização de dados pessoas parar gerar anúncios, portanto não é a toa e nem ao acaso que as reclamações estão chegando ao limite. O twitter apesar de ser um serviço totalmente aberto, é também uma janela para dentro da vida das pessoas, e em alguns casos uma janela bem pessoal, onde ficamos sabendo até mesmo onde as pessoas comem, assim como o Facebook que revela quem são amigos, e ferramentas como o Foursquare que indicam os locais onde você esteve e quando. Não é tão difícil saber sobre a vida privada de alguém, mas é claro quando começamos a pensar no que isso implica, é perceptível que é necessário se repensar alguns detalhes grandes sobre a forma como estamos nos posicionando de forma pública na Internet.

O que você acha sobre privacidade na Internet? Será que um dia a Internet vai ser realmente livre ou estes tempo jã não voltam mais?