O valor do que você publica na internet é seu mesmo?

Como eu já devo ter falado algumas vezes, todo conteúdo original tem um valor diferenciado na internet. Para podermos determinar o valor de um conteúdo, basta entender como funciona a internet. Se você tem um conteúdo e publica ele na internet, é possível se verificar a reação das pessoas, em outros blogs, em outros sites, pessoas comentando seu conteúdo, recomendando seu conteúdo, na verdade, se seu conteúdo tem um bom  valor, ele vai ser linkado por várias pessoas, e vai ser visualizado por mais pessoas ainda.

A melhor forma de tomar um benefício total do seu conteúdo, é ter ele publicado em seu próprio site. Até ai tudo faz sentido, mas em muitos casos o que as pessoas chamam de "meu site" ou "meu blog" na verdade não lhes pertence inteiramente, e o pior disso, é que o valor do conteúdo publicado acaba indo para outra empresa, a verdadeira proprietária do sistema.
Quando se publica um conteúdo na internet, ele sempre acaba gerando algum valor, e por mais que o conteúdo te pertença completamente, o valor dele sempre será dado ao local onde ele se encontra.

Um exemplo bastante clássico disso são os sites que oferecem blogs gratuitos. Centenas de milhares de pessoas estão atualmente com seus blogs no Blogger por exemplo, e não é para menos, o sistema oferece uma quantidade razoavelmente interessante de opções, e se você quiser sair publicando conteúdo na internet, o Blogger é uma ferramenta simples e fácil de usar. Mas no momento, estou me referindo ao valor de seu conteúdo.

Quando você cria um conteúdo, você está geralmente fazendo isso para que uma informação seja disponibilizada, além disso você quer que esta informação seja vinculada a você, e até aqui o Blogger é um bom companheiro. Porém, o Blogger (ou qualquer destes sites que oferecem blogs gratuitos com endereços de sub-domínio) não te pertence. Se olharem bem, maioria dos blogs tem o domínio blogger nos seus endereços e o endereço do usuário se torna apenas um sub-dominio.
Os sub-dominios são totalmente dependentes do domínio e não há como existirem os sub-domínios  sem o domínio.

Como cada link para seu conteúdo é importante, e de fato é um dos grandes fatores decisivos para medir digitalmente a importância e relevância de seu conteúdo. Quanto mais links você tiver, melhor. O problema é que neste caso, utilizando estes sistemas gratuitos, todos estes links estão apontando para uma matéria dentro de um domínio que não te pertence.

Em algum momento é possível que o detentor do domínio decida cobrar, ou até mesmo restringir (mais ainda), ou até mesmo encerrar as atividades, e seu conteúdo teria de ser transferido para outro endereço (de preferência um próprio), mas os meses ou anos que você trabalhou, indexando aquele endereço (que na verdade nunca foi seu) e as centenas ou milhares de links que voçê conseguiu merecidamente, serão perdidos, ou serão direcionados para um local que você não tem controle. Mesmo você republicando todo conteúdo de seu antigo site em um novo site, o endereçamento será totalmente diferente, e é bastante difícil conseguir contatar todos os sites que linkaram seu antigo site e conseguir que eles alterem o link para o novo endereço (fora o trabalhão né?).

Existe outro grande problema: as restrições e limitações de estar utilizando um sistema que você não pode alterar por completo.
Embora estes sistemas disponibilizem diversas ferramentas e opções, você precisa se lembrar que todos os outros editores que utilizam o mesmo sistema tem as mesmas ferramentas, e dificilmente você irá conseguir personalizar tudo, sendo assim, você acaba tendo as mesmas ferramentas de todos, e as possibilidades de seu site de destacar diminui, e se você tiver uma necessidade totalmente exclusiva, você estará com um problema.

Se você já tem um blog  em algum local gratuíto, você pode não ver isso como um problema hoje, mas sempre chega um momento em que este tipo de situação aparece. Portanto, quanto antes você migrar melhor, afinal, quanto mais tempo você esperar, pior, e existem centenas de pessoas na internet que já vivenciaram isso, existem milhares de pedidos de socorro, e milhares de sites com relatos.
Existem até ferramentas para importar o conteúdo automaticamente de tamanha a demanda.

Possivelmente você conheça alguém que tinha um Blogger e migrou para um site com domínio próprio e hospedagem paga.

SEO também é uma fraqueza em sites de sub-dominios, as ferramentas são padrão, e em determinados casos, como no blogger, não ajudam muito.
Hospedagem de imagens e arquivos em geral se tornam um transtorno em sistemas gratuitos, onde há limitações, e até mesmo os arquivos são renomeados.

Então se você está pensando em começar agora com um site ou blog, pense bem, e decida pela opção que te der mais controle. Afinal, você pode não precisar de um controle total hoje, só para publicar alguns textos, mas e se seu site começar a dar um resultado fora do esperado? É sempre importante ingressas na internet com ferramentas que te permitem uma total maleabilidade em seu site, para isso, só se você registrar o seu domínio e hospedar seu site em um servidor pago.

Depois não digam que não avisei.