O que aconteceu? Vídeo reflexivo de Henry Bugalho

Assistindo este vídeo, eu como uma pessoa que venho acompanhando e vivendo de Internet nos últimos 22 anos, consigo entender as preocupações que Henry expressa em seu vídeo, afinal, uma coisa é certa, nada mais é como antes. A Internet veio com um poder de mudar a humanidade, mas dependendo de como ela é utilizada, esta mudança pode evidentemente levar para o lado errado, ou seja para um lado cruel, de disputas e de desafetos.
Vemos muito disso na política mundial hoje.

O que se esperava da Internet?

É claro que quando a Internet começou, as pessoas que tinham acesso eram evidentemente pessoas que possuíam inicialmente um poder aquisitivo maior, o que significava que em grande parte tinham também acesso a estudo e de certa forma tinham condições de interpretar dados e ter uma visão mais crítica.
Se esperava muito da Internet, principalmente na questão de possibilidade de tornar o acesso a informação algo completamente livre, permitindo que a humanidade, aos poucos fosse crescendo em termos de conhecimento científico e aprendizado.

Se esperava que a Internet fosse ser um motor de construção de soluções, esta sempre foi e, pra mim pessoalmente, ainda é a visão que tenho desta ferramenta.

O Que Aconteceu?

A Internet no inicio, quando comecei a trabalhar com web, era um ambiente que no Brasil apenas 1% da população tinha acesso, me lembro celebrando quando 10% dos Brasileiros começaram a ter acesso ao conteúdo online.
A grande guinada da Internet veio mesmo quando as empresas encontraram meios de fortalecerem suas marcas de forma digital, inicialmente colocando sites online, e hoje em dia, agora com a velocidade de transmissão de dados e com a capacidade de processamentos de aparelhos celulares, que são hoje muito mais potentes que o meu primeiro computador, um Pentium II, as empresas conseguem quase que sem custo algum colocar uma grande quantidade de informações na Internet. Isso tornou a internet muito mais atraente para muitas pessoas que agora podiam fazer compras á distância, e inclusive acessar conteúdos de outros países livremente. Realmente fantástico.

O problema está justamente que, ao mesmo tempo onde empresas e entidades poderiam publicar uma grande quantidade de conteúdo digital, qualquer pessoa também pode fazer a mesma coisa. Existem pessoas que praticamente vivem disso, de postar conteúdo digital, e muitas vezes postam conteúdo digital que nem sempre são conteúdos que estão alinhados com a verdade. É possível postar as hipóteses mais absurdas na internet, inclusive postar notícias absolutamente falsas, e como agora todos tem acesso a Internet sem terem a cultura de verificar dados e fontes, podem facilmente acreditae em ideias que são completamente fora da realidade, como podemos verificar com o caso dos terraplanistas, pessoas que apesar de não terem evidência alguma factual, acreditam que a terra, nosso planeta, é plano como uma pizza, e acreditam nisso por causa de textos religiosos que por si só também não tem validade ou comprovação alguma.

Ficção tem mais velocidade que ciência

Como as ferramentas de produção de conteúdo são universais, ou seja, todo mundo com um computador, ou até mesmo com um celular de média potência pode hoje criar uma enorme quantidade de vídeos e fotos e textos.
Acontece que para criar uma história inventada, ficção pura, é muito mais fácil, você não precisa fazer grandes pesquisas, certamente não precisa fazer experimentos em laboratórios, nem esperar as vezes décadas para ver o resultado da experiência para publicar os dados, portanto, inventar coisas é muito mais fácil e pode ser replicado de forma muito mais fácil também. Por outro lado, fazer ciência é em muitos casos um processo demorado que exige investimento e tempo, portanto não se pode comparar a capacidade de produção de conteúdo científico com conteúdo ficcional.
Por exemplo, pode levar ate 10 anos para se mapear uma constelação inteira, neste mesmo período podem ser criadas diversas religiões com diversos deuses, diversos casos de alienígenas ou milagres.
O volume da ficção sempre será maior, e este é um dos maiores problemas que enfrentamos na sociedade moderna ao meu entender.
Enquanto a NASA leva uma década para colocar um laboratório espácial no ar qualquer pessoa com um celular e uma régua podem ir na praia e tirar uma foto do horizonte com a régua e dizer que aquilo é ciência e que aquilo comprova por exemplo que a terra é plana.

Como a grande maioria da população mundial não tem uma compreensão ampla do método científico e nem como funcionam os experimentos, podem facilmente serem iludidos com  a narrativa da régua.

Veja o vídeo de Henry Bugalho falando um pouco sobre o que nos trás a este momento diferente