O mais antigo DNA de hominídeo já seqüenciado

Sima de Los Huesos, uma caverna no norte da Espanha contém uma das maiores coleções de fósseis de hominídeos já descoberto. Agora este "buraco de ossos" também é fonte da sequência de DNA do hominídeo mais antigo.
Utilizando um femor da caverna, Mathias Meyer do Max Planck Institute for Evolutive Anthopology sequenciou quase completamente o genoma mitocôndrial de um dos habitantes de Sima de Los Huesos que provavelmente viveu 400 mil anos atrás. O antigo recorde de sequência de DNA era de um Neanderthal de 100 mil anos.

310SimadelosHuesos

O sucesso do time expande os locais de onde cientistas poderão recuperar DNA antigo, e Sima de Los Huesos que já era um importante local para compreensão da evolução humana é agora "uma mina de ouro para a genética" - disse Meyer.

Com o tempo o DNA se degrada e quebra em pedaços cada vez menores de fragmentos. Durante o ano passado o grupo de Meyer desenvolveu maneiras mais eficientes de recuperar estes pequenos fragmentos.
Mais cedo este ano o grupo comprovou a eficiência de seu método sequenciação o DNA mitocôndrial de um urso encontrado no mesmo local. "Este foi o teste"- Disse Meyer. Quando eles migraram para os hominídeos eles precisaram de quase 2 gramas de osso para poder seqüenciar o DNA.

O maior problema enfrentando foi a contaminação. Havia tão pouco DNA restando nos ossos que o DNA dos cientístas que fizeram a escavação e os testes acabaram contaminando os ossos apesar das medidas de segurança tomadas. Utilizando técnicas avançadas o time separou os DNAs modernos. Finalmente o cientistas conseguiram extrair DNA suficiente para reconstruir 98% do genoma mitacondriaco.
Sima de los Huesos possibilitou encontrar pelo menos 28 individuos do período pleitoceno. Estes hominidios foram classificados como Homo heidelbergensis e suas características sugerem que eles foram ancestrais dos Neanderthals.
Ao invés do DNA ser similar ao do Neanderthal, o genoma mitocôndriaaco estava mais perto relacionado com o Denisovans. O grupo enigmático é um grupo irmão do Neanderthal e é conhecido apenas por descobertas de um osso de um dedo e um molar.Ambos encontrados 4 mil milhas para o leste, na Sibéria.
É improvável que os hominídeos de Sima de los Huesos fossem na verdade Denisovans ou até mesmo relacionados com seus ancestrais intermediários. Talvez eles sejam de antes da separação entre Denisovans e os Neanderthals ou ainda talvez serem parentes dos ancestrais que deram origem a ambos os Denisovans e Neanderthals.
O resultado da descoberta traz mais perguntas sobre as origens do Neanderthals e seus asemelhados Denisovans.
Agora somente descobrindo mais sequências de DNA de hominídeos dos arredores para obter mais informações.
O grupo de Meyer promete trabalhar duro para trazer mais resultados nos próximos anos.

Fonte: The Scientist