Nunca a desigualdade humana foi tão visível como na era digital

A história da humanidade é permeada de altos e baixos. Em muitos casos quem ganhou as batalhas, as guerras, foram as pessoas que tiveram a oportunidade de escrever a história, deixando para os historiadores e arquiólogos a difícil tarefa de desenterrar a verdade.
Em toda história da humanidade onde houveram sociedade maiores, houve a hierquia, onde alguns tinham mais direitos e acesso a mais oportunidades do que outros.

Civilizações com métodos diferentes surgiram e desapareceram, com os modelos sociais mais diversos, e ao que tudo indica, alguns modelos de civilização, só tiveram êxito devido a força e tomada de poder, como é o caso dos impérios Romano, Cristão, Otomano, entre tantos outros. A Internet está repleta de documentários (muitos em ingles) que mostram descobertas recentes, algumas muitos recentes, sobre a forma que agiam, e a forma como através de conquistas e dominação de território, expandiam e prosperavam por períodos intermitentes.

Hoje em dia, com toda a capacidade de conhecimento disponível na Internet a situação é diferente. Enquanto que antes, como não se sabia exatamente o tamanho e a extensão de terra existente no planeta, nem mesmo se havia fim. Também se atribuía muitas dos fenomenos da natureza a divindades sobrenaturais (que não faziam parte da natureza). Hoje porém, sabemos que estamos em um planeta, que este planeta está em um sistema solar, que este sistema solar está em uma galáxia, que esta galáxia está em um universo, que este universo teve um começo, e que existe milhões de outros planetas, sistemas solares similares ao nosso, e começamos a aprender um pouco sobre os planetas em nosso sistema solar graças a esforços gigantescos de governos do mundo todo na exploração espacial. Conhecemos os elementos, conhecemos de forma bastante avançada a biologia, temos uma vasta compreensão sobre o que corresponde diretamente pelo que representa a vida, ao menos nesse formato que existimos, carbono, agua, etc. Nada impede que exista outros tipos de vida, em outros locais, que tenham surgido de forma completamente diferente, mas nunca de fato até agora se conseguiu comprovação dessas vidas pois a distância entre os astros é absurda e práticamente impossível de percorrer.

Com o conhecimento que temos, e como este conhecimento está livremente disponível na Internet para que o mundo inteiro possa ter acesso através de aparelhos cada vez mais acessíveis, sabemos de forma bastante precisa o quanto limitado são os recursos naturais, qual a capacidade real de produção, quais as ferramentas ideias de distribuição, e até mesmo em alguns lugares se sabe percentuais de consumo e necessidades das pessoas e dos animais das regiões.

O que me intriga pessoalmente porém, é perceber que apesar de todas estas informações, e mais de 25 anos de Internet, até agora nada efetivamente foi feito em termos de nações pelo mundo, em começar a utilizar estes dados para conseguirem de forma eficiente, suprirem as necessidades de todos os seres vivos de cada região terréstre.
Como pode que até agora, apesar de termos conhecimento suficiente para entendermos que estamos todos muito juntos em uma viagem cósmica fada ao desastre caso não saibamos usar as informações para tornar viável a existência da nossa forma de vida de forma ideal e assim assegurando que cada ser possa ser o melhor em que deseja ser?
É claro que a mentalidade antiga de territórios, controle religioso, poder, acumulo de bens é um fator que é extremamente motivacional para muitas pessoas que se enchergam como parte de uma engrenagem e que sua recompensa por isso é o dinheiro, com o qual, pode fazer o que quiser. Mesmo sabendo, no fundo, que dinheiro é apenas uma invenção para poder quem sabe permitir que umas pessoas tenham mais que as outras dependendo do seu ponto de vantagem.

Se mudarmos nosso olhar com relação a existência e a forma como tratamos a vida, usando uma perspectiva mais científica com relação a como as coisas melhoram a medida que mais pessoas fazem parte do nicho de interesse, vemos que, ao longo dos anos, cada vez mais se conhece sobre inúmeras areas da ciência, e isso acontece unica e exclusivamente por causa de um fato, o método científico, que permite que informações geradas por uma pesquisa, possam corroborar com outras pesquisas, e a comparação de dados podem ser interpretadas de diversas formas ao ponto de gerar novas constatações e novos avanções de conhecimento. Resumindo, dentro da ciência vemos um fenomeno muito importante, o da informação gerada por um, poder ser utilizada por outro para evoluir e aperfeiçoar outra frente de pesquisa. Uma pessoa evoluiu o conhecimento a partir do conhecimento adquirido e produzido por outros.
Da mesmo forma, poderia a humanidade inteira começar a colaborar, verificando o que é realidade ou mito, ou que funciona e o que não funciona, e começar a descartar sistemas, crenças, atividades, fronteiras, distribuição de rendas e oportunidade de uma forma cada vez mais eficiente.
Enquanto hoje vemos que em muitos casos as riquizes estão absolutamente mal divididas, também estão mal divididas as populações, as oportunidades, o acesso a informação, a aprendizado, a alimentação, enfim, está tudo desparelho e isso só vai mudar quando as pessoas se derem por conta de quanto evoluídos estamos em relação ao que compreendemos de nós, do planeta, do sistema solar, e do universo.

Se queremos como humanidade, ter um impacto positivo, o prazo para isso parece estar se expirando e podemos estar chegando a um momento global de mudanças climáticas que irão afetar de forma irreversível a paisagem e a vida terrestre, e não de uma forma positiva.
O que permanece em nosso subconsciente coletivo sobre as crenças de que o sobrenatural proverá resolução está absoltamente comprovado que em nenhum período da história isso se concretizou, pelo contrário, devido a mudanças climátivas decorrentes de eventos naturais que resultaram em grandes catástrofes, muitas crenças, religiões e entidades sobrenaturais foram abandonadas.
Quanto mais rápido as pessoas perceberem que está diante de nossa civilização global uma oportunidade de prosperidade sem igual, melhor, porém o tempo está acabando.
É claro que por motivos diversos, ainda existem algumas pessoas que preferem ignorar estes fatos pois tem muitas vantagens sobre outras pessoas ao agirem de acordo com modelos mais antigos de raciocínio. Vemos multi-bilionários gastando fortunas que foram conquistadas através do trabalho de outros, para fazerem viagens de 5 minutos no espaço, enquanto que, o mesmo dinheiro poderia estar salvando vidas.
Alguns dirão que o dinheiro é dele, ele pode fazer o que quiser, e é claro, neste modelo social, temos que aceitar esta e muitas outras estravagâncias, mas onde fica a moralidade humana a tanto conquistada? Até onde o egoísmo pode ser tolerado para que uns se beneficiem tanto, em detrimento de outros que sofrem as piores consequencias da existência?
Existe uma disparidade muito grande no mundo, e agora temos, através de conhecimento e dados, a oportunidade de mudar o destino, o destino de todos, e de forma positiva. Ao disseminar informações, dar explicações, demonstrar os dados, aos poucos o mundo vai aprendendo, porém é uma pena que muitas vezes assuntos que deveriam ser secundários parecem dominar o espectro popular de informações, e as pessoas parecem se interessar cada vez menos em tentar compreender o mundo, talvez por estarem mais preocupadas em terem o que comer, já que a grande maioria da população mundial está abaixo do nivel de pobreza estabelecido pela Organização Mundial.
Temos as ferramentas, temos o conhecimento, temos a visão, mas não temos a ação.