Nós somos os últimos Neanderthals?

Com a compreensão do DNA pudemos mapear o genoma de diversas especieis, uma das especies que teve seu genoma mapeado foi o Neanderthal. Quando isso aconteceu algo incrível começou a ser pesquisado e descoberto pelo mundo todo. Todos humanos no planeta tem em torno de 3% de DNA derivado dos Neanderthals. Somente na África este índice tem um percentual bem menor.

Esta descoberta fantástica mais uma vez comprova e demonstra a Teoria da Evolução de Darwin, e também faz com que cientistas tenham de revisitar todo conhecimento que temos sobre a evolução humana no planeta. Onde antes se esperava uma diferença substancial que impedisse a miscigenação entre as espécies acabou se provando incorreta, o que significa que estas duas variações de humanos eram muito mais similares do que se pensava.

Estudos pelo mundo inteiro estão descobrindo a presença de Neanderthal em pessoas pelo mundo todo e estão revisitando todas as informações que temos sobre esta especie para entendermos melhor as nossas origens.

Uma palestra que aconteceu durante o Chigago Humanities Festival em 2013 do antropólogo John Hawks, que é um especialista no assunto, demonstra as diversas áreas de estudo e pesquisas que estão convergindo em dados com relação as descobertas iniciais e trazendo uma visão mais panorâmica sobre este assunto fascinante! Veja a palestra que foi compartilhada online na integra a baixo: