Na internet não existe horário político mas existe o debate honesto

Uma das coisas que mais me alegra sobre a internet é que podemos de fato não pensar em política, já que, principalmente no Brasil, nossos políticos, que são sempre os mesmos, não fazem a grande diferença para o bem da nação.

O horário político em si já é algo esquisito, ter de ficar vendo vinhetas e políticos se espremendo em um periodo de tempo curto demais até mesmo para dedicar a qualquer assunto corriqueiro é na verdade um disperdício total de nosso tempo e o resultado é catastrófico.
A própria lei não permite que comediantes e comentarístas caricaturem os candidatos. Tamanha é a palhaçada nas eleições, eles mesmos por sí só, já são uma caricatura. A comédia que sempre foi uma forma de expor idéias e refletir de forma diferenciada sobre qualquer assunto, hoje no Brasil é proibida. Com multa e tudo,  ou seja, vivemos no pais da censura. Vivemos no pais onde a verdade precisa ser sussurada e não podemos abertamente criticar o circo político que enche nossas ruas de panlfletos e cartazes, poluição visual e sonora e gastos com papel e santinhos que acabam virando passarela de tantos que são espalhados pelo chão.

A internet é o local para o debate, para a canalização de problemas e soluções, e existem políticos que não estão realmente prontos para utilizarem estas ferramentas. Como podemos ter governantes que nem sabem utilizar as formas e os metodos mais avançados de comunicação para representar nossa vontade em Brasília?

A própria lei Brasileira não sabe utilizar a internet para gerar o debate justo e honesto, e ficamos então com a maior e melhor ferramenta de informações completamente aleijada com restrições e censuras de todos os tipos.
Em outro ano de eleição, tamanha a ignorância governamental Brasileira, que uma prefeita tentou bloquear o Twitter porque um usuário criou um perfil com o nome dela. Chegamos ao cúmulo do absurdo. Onde uma brincadeira (mesmo que sendo de extremo mau gosto) possa interferir na forma de comunicar de milhões de brasileiros. Felizmente até na mira o governo errou, e bloqueou outro site nada a ver com o Twitter, que apenas falava de informações de como utilizar o Twitter.

Como poderemos levar a serio uma eleição nestes moldes? Como poderemos levar a sério um candidato com este perfil?

Se tiver algo pra ser debatido, deveria ser como o processo de eleição brasileiro se tornou um circo! Corruptos respondendo processo podem se eleger. Pessoas com os motivos mais absurdos, como por exemplo crenças em determinadas religiões que são claramente violadoras dos direitos humanos podem hoje, abertamente se declararem como dispostos a seguirem a lei do seu deus, por mais escravista e degradante para a mulher que seja, e estas propostas estão sendo aceitas e veiculadas em plena televisão, mesmo veiculo onde comediantes não podem se expressar  com relação aos candidatos!

Onde perdemos o senso de direito e de razão para que um governo pudesse determinar o que o pais deve fazer e não o contrário?

Devemos todos lembrar que os governos, a polícia e os candidatos são o que são e estão onde estão por nossa causa, e devemos impor melhorias em todas as areas, principalmente na opção de eleger alguém que realmente vá fazer algo.

Podemos e devemos nos dar o respeito de não aceitar tal tipo de restrição governamental. Quem tem o direito de votar o valor do próprio salario deveria também ter a obrigação de melhorar o salario de todos, e não se favorecer de um cargo para impor normas que impeçam ao povo da nação em ter acesso a real informação.

São horas por semana que irão consumir recursos para gerar o nada. Na internet não tem horário político, mas temos o debate honesto.