Mulher é brutalmente forçada por homens a se enrolar em uma toalha em Maldives

Uma turista na praia de Maldives, que é uma pequena ilha, foi brutalmente forçada a se enrolar em uma toalha. O motivo é mais uma vez religioso, a lei de Sharia proíbe que mulheres se exponham.
Ao tentar forçar a mulher a se enrolar em uma toalha, os homens tocaram em todo corpo dela sem permissão.

Uma enorme falta de respeito e apenas mostra que lugares que são religiosos não respeitam as pessoas, e mais, que estas religiões que tentam oprimir o corpo das mulheres, são uma aberração.

Locais assim deveriam ser excluídos dos destinos de viagens nas agências de turismo. Se as pessoas dos locais não sabem respeitar os turistas, não podem receber turistas.
Provavelmente nada ira acontecer com os agressores da mulher.