iPhones e iPads foram hackeados com pedido de resgate

Aconteceu em um grande numero de aparelhos iPhone e iPads na Austrália e Nova Zelândia.
Os proprietários dos aparelhos acordaram esta madrugada para descobrir que seus iPhones e iPads foram hackeados por"Oleg Pliss", um estranho som tocou mas não era uma alarme nem uma som de mensagem tradicional do aparelho. Era um aviso do hacker que havia tomado controle e bloqueado o aparelho.
Os afetados pelo hacker encontraram uma tela dizendo "Dispositivo hackeado por Oleg Pliss" e uma exigência entre US$50 e US$100 para desbloquear o aparelho.
Existem várias pessoas online com perfis com o nome de Oleg Pliss mas é provável que o hacker não tenha utilizado um nome próprio de um perfil seu.

Apesar de ser ainda não informado o número total de pessoas afetadas, o Sydney Morning Herald comunicou problemas dos clientes da Apple em Queensland, New South Wales, Australia do este e Australia do Sul e também em Victoria. ITWire também informou que alguns usuários na Nova Zelância foram afetados pelo ataque.

 

Ao que tudo indica, este ataque se valeu da opção "Find My iPhone", que permite que usuários possam remotamente localizar e travar seus iPhones e iPads traves da iCloud no caso de perda ou roubo.
A Apple ainda não comentou sobre o caso mas usuários já informaram diversas formas de se livrar do problema. Aqueles que já tinham configurado os códigos de acesso descobriram que podiam retomar controle do aparelho conectando ao iTunes e restaurando a partir de um Backup, segundo o que foi informado na ZDNet.

Aqueles que não haviam criado os códigos de acesso tiveram mais trabalho. Neste caso é possível tentar logar no aparelho 6 vezes consecutivas com a senha errada, o que desabilita o aparelho, e então restaurar a partir do iTunes em um computador.

Para quem ainda não criou a senha de acesso no iCloud, é recomendado que criem e já façam o backup dos seus aparelhos justamente para poder rápidamente restaurar em caso de um novo ataque. Outra boa dica é utilizar o acesso em 2 passos no iCloud.

Existe um post em um fórum que está disponível no site da Apple para quem foi afetado pelo problema.