Invasão de Equifax vazou milhões de dados pessoais de usuários

Se você em algum momento já teve de verificar seu crédito em algum local como o Experian, então está história é importante para você. A empresa responsável pela verificação de créditos que opera nos Estados Unidos e também no Brasil, já famosa por trocar dados de pessoas e informar dívidas incorretas, causando pessoas perderem oportunidades de negócios e de créditos além de não se responsabilizar pelos prejuízos causados, é ao que tudo indica uma empresa que também não tem respeito e responsabilidade com os dados das pessoas que estão em sua base de dados.

Recentemente Equifax comunicou que teve mais de um milhão de dados pessoas de usuários roubados de seu sistema de dados. O problema é que com estes dados os ladrões podem então fazer o que quiserem com os dados. Com os dados secretos de identidade, como é o Social Security nos EUA e no Brasil o CPF, os ladrões podem criar contas em bancos, alugar carros, alugar casas, comprar passagens aéreas, enfim, até mesmo descontar taxas de impostos. Equifax ao invés de notificar do problema imediatamente, levou 6 semanas para informar as pessoas do problema.

John Oliver em seu programa semanal faz uma matéria exclusivamente sendo sarcástico com relação a toda situação. A empresa já vinha demonstrando ser ineficiente, por colocar restrições em perfis de pessoas que não estavam com restrição alguma, e agora perde os dados dos clientes. O mais estranho é a parte onde alguns dos executivos da empresa começaram a vender ações imediatamente após o acontecimento, e antes da notificação pública ser efetuada.

 

No Brasil existe a Experian, que atua em conjunto com o Serasa, que é a mesma categoria de empresa, portanto tem as mesmas deficiências e pode estar tendo problemas similares.

A melhor maneira de evitar ter seus dados sendo distribuídos é através do congelamento do seu crédito, o que em alguns casos significa entrar no site e fazer esta solicitação.

Estas empresas fazem dinheiro vendendo os dados pessoas das pessoas para empresas como bancos e grandes lojas de consumo, o mínimo que poderiam fazer é ter os dados corretos, mas este não é o caso, e agora com a atual situação dos hackers roubando conteúdo com informações pessoais das pessoas, se torna uma ameça ainda maior.

Quem controla a importância deste tipo de entidade são justamente as empresas que contratam estas empresas para fazer verificação com as pessoas, portanto somente as empresas podem tomar uma decisão de parar de utilizar este sistema, enquanto isso, dados de muitas pessoas podem estar sendo vazados e como podemos ver a Equifax pode levar semanas para revelar que houve o incidente, dando semanas para os ladrões se aproveitarem dos dados pessoas de qualquer pessoa.