Intelbras anuncia resultados financeiros do 2T com receita líquida de R$ 1,015 bilhão

Destaques são o aumento de 40,1% na receita operacional líquida e a margem EBITDA de R$118.989 mil

Intelbras (INTB3), empresa brasileira com 46 anos de história, divulga resultados financeiros positivos referentes ao segundo trimestre de 2022. Os principais destaques foram a Receita Operacional Líquida de R$1,015 bilhão representando um crescimento de 40,1% com relação ao ano anterior, Lucro Líquido de R$96.776 mil, crescimento de 13,5% se comparado o mesmo período de 2021.

Observamos nosso nível de atividade junto aos nossos distribuidores crescendo conforme o esperado para o decorrer do ano. Embora o cenário macroeconômico se apresente desafiador, concluímos a primeira metade do ano de maneira firme, de acordo com o previsto para o período e seguimos atentos aos desafios que o segundo semestre proporcionará ao ambiente de negócios”, comenta Altair Silvestri, CEO da Intelbras.
O executivo reflete sobre ações importantes realizadas pela empresa nos primeiros meses de 2022: “o segundo trimestre de 2021 foi marcado pela conclusão de nossa maior aquisição, a Renovigi Energia Solar, que passou a fazer parte do grupo Intelbras a partir de maio, e desta forma, estas demonstrações financeiras consideram dois meses desta operação, maio e junho. Nosso processo de integração está pautado em três grandes pilares: financeiro, operacional e comercial. Em cada um deles, nossos superintendentes acompanham e conduzem a integração, em conjunto com a equipe da empresa controlada, que vem sendo integrada ao grupo de acordo com nossos planos”.
A Intelbras anunciou em fevereiro de 2022 a aquisição de 100% da catarinense Renovigi Energia Solar. O objetivo da ação foi ampliar a geração distribuída de energia limpa e sustentável aos brasileiros, acelerando o processo de um Brasil mais verde. A aquisição faz parte da estratégia da Intelbras em se consolidar como uma empresa referência no mercado de energia solar. As operações de ambas as companhias, assim como as políticas comerciais e de produtos, continuarão independentes.

Evolução do Negócio por Segmento de Atuação

A Intelbras concluiu o primeiro semestre de 2022 com os planos sendo bem executados e conquistas importantes em seus três segmentos de atuação. Segurança vem apresentando resultados acima do planejado e reforçando sua condição de liderança. Margens adequadas e crescimento sólido de receitas podem ser percebidos ao longo dos seis meses deste ano.
No segmento de Energia, a Intelbras já começou a contabilizar os resultados da nova empresa controlada, a Renovigi, capturando as sinergias iniciais da aquisição. “Destaca-se aqui, que de maneira orgânica a companhia seguiria seu crescimento alinhado com o realizado nos últimos períodos e, com o acréscimo da operação Renovigi, atingimos o crescimento de 241% em receita quando comparado ao mesmo período do ano anterior”, afirma Marcio Osli, diretor de Energia Solar da Intelbras.
O segmento de comunicação vem, desde o quarto trimestre de 2021, se direcionando para níveis de atividade econômica anteriores à pandemia. O efeito desta acomodação dos negócios reflete também uma regularização dos estoques em campo de algumas das linhas da empresa, tanto em provedores como nas cadeias de varejo, e por consequência, maiores desafios para as vendas da indústria. “O segmento de Comunicação, embora viva seus desafios para o crescimento de receita, vem trabalhando e colhendo os resultados de um foco em melhorar as vendas. Ajustamos as estratégias comerciais e o nível de despesas e passamos a operar de forma alinhada com a nova realidade de mercado”, afirma Henrique Fernandez, Diretor Superintendente de Operações da Intelbras.
A companhia se concentra em melhorar seu desempenho de vendas em Comunicação, o que pode ser observado pelo importante ganho de 2 pontos percentuais em margem bruta, quando comparado ao trimestre anterior, além de uma receita operacional líquida de 193.878 mil, praticamente a mesma receita apurada no primeiro trimestre de 2022.

Principais resultados consolidados

- Receita Operacional Líquida: apresentou neste último trimestre um crescimento de 40,1% com relação ao mesmo período do ano anterior e de 17,3% com relação ao primeiro trimestre de 2022. Uma parcela deste crescimento expressivo se deu pela aquisição da Renovigi. Por outro lado, a operação da Intelbras cresceu de maneira orgânica: 25,5% se comparada ao mesmo período do ano anterior, o que reforça a correta execução do plano para o ano, e representa um crescimento de 5,0% em relação ao trimestre anterior.
- O Ebitda* atingiu o valor de R$118.989 mil, um crescimento de 13,4% se comparado ao trimestre anterior. O crescimento se deu, principalmente, devido ao incremento nas receitas e no controle adequado das despesas.
- O ROIC (pre-tax) neste período traz o capital empregado sem considerar a contabilização da Renovigi. O indicador ficou em 22%. “Ao longo dos próximos trimestres, à medida que os resultados da Renovigi começarem a contribuir com parcelas maiores em nosso resultado operacional, naturalmente nosso ROIC retomará a tendência de melhora, chegando ao previsto para o ano de 2022”, afirma Silvestri.
- O Lucro Líquido neste segundo trimestre cresceu 13,5% se comparado ao mesmo período do ano anterior, atingindo o valor de R$96.776 mil, representando uma margem líquida de 9,5%. Por outro lado, quando comparado ao trimestre anterior, apresentou uma leve queda de 1,8%.
- Lucro Bruto apresentou um incremento de 10,6% se comparado ao 1T22. Por outro lado, a margem bruta trouxe uma leve queda de 1,7 p.p. o que reflete a maior exposição da operação aos negócios de Energia Solar, principalmente pela inclusão da Renovigi.
Iniciativas e perspectivas para 2022

A Intelbras iniciou o segundo semestre atenta aos movimentos da economia e segura de que está na direção correta para cumprir as metas para o ano. “Nossa integração com a Renovigi vem acontecendo de maneira consistente e cuidadosa, tanto com as pessoas que fazem parte da operação, como com os canais credenciados Renovigi, ambos muito relevantes em nossa tomada de decisão pela compra. Esta integração vem sendo conduzida em três grandes frentes de trabalho: comercial, operacional e financeira. Em cada uma delas, há oportunidades de sinergias e que serão colhidas ao longo dos próximos trimestres”, explica o CEO da Intelbras.
Em comunicação, a empresa destaca que a limpeza da Banda C, necessária para o desenvolvimento do sinal 5G em todo o território nacional, gerou oportunidades de negócios que serão capturados e já poderão ser vistos ao longo do segundo semestre. “Nossa CPE 5G já está operacional e deve iniciar suas vendas no quarto trimestre deste ano, trazendo para a indústria nacional mais um passo importante em seu desenvolvimento”, afirma Silvestri.
Em julho de 2021, a Qualcomm Technologies, Inc. e a Intelbras anunciaram um acordo de colaboração para a produção de CPEs 5G (Customer Premises Equipment) e Wi-Fi 6 no Brasil. A iniciativa visa suprir a demanda do mercado brasileiro de operadoras e provedores de internet por dispositivos 5G e Wi-Fi. Com o acordo, a Intelbras será a única empresa brasileira até o final de 2023 a desenvolver soluções tecnológicas 5G com tecnologia Qualcomm no País e, também, a integrar a cadeia mundial de produção do 5G, tornando o Brasil parte importante do setor produtivo para a quinta geração de conectividade. A Intelbras, já está produzindo as CPEs 5G, Wi-Fi 6 e 6E em sua filial São José (SC).
Os investimentos necessários para a expansão de nossos negócios nas diversas verticais de atuação, na geração de receita recorrente e na criação do mercado 5G continuam acontecendo e permitirão que o crescimento continue ao longo deste ano. Mesmos diante do cenário atual, seguimos com uma perspectiva positiva para o segundo semestre 2022”, finaliza Silvestri.
Para conferir todos os resultados financeiros e econômicos da Intelbras basta acessar o site: ri Intelbras

*Ebitda é a sigla em inglês para Earnings before interest, taxes, depreciation and amortization. Em português, “Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização” (também conhecida como Lajida). É um indicador muito utilizado para avaliar empresas de capital aberto.

Sobre a Intelbras
Empresa brasileira de capital aberto (INTB3) com 46 anos no mercado, tornou-se referência em todo o Brasil nos segmentos de segurança, comunicação e energia e está presente em cerca de 98% dos municípios com potencial de consumo eletrônico no país através de seus distribuidores e revendedores. A Intelbras tem inovação no DNA e soluções tecnológicas que protegem, conectam, aproximam e transformam a vida das pessoas. O portfólio inclui soluções de alta tecnologia e inteligência artificial que permitem diversas aplicações em empresas, condomínios, residências, agronegócio, cidades entre outros segmentos de negócio.

A empresa tem várias unidades distribuídas pelo país: a matriz, em São José/SC, e três filiais localizadas nos municípios de Santa Rita do Sapucaí (MG), Manaus (AM) e Jaboatão dos Guararapes (PE). Também temos uma filial em construção em Tubarão/SC. Com mais de 5 mil colaboradores, a Intelbras exporta para diversos países da América Latina e está entre as melhores empresas para se trabalhar no Brasil há 18 anos.