[INFOGRÁFICO] Domínios Brasileiros

Você sabiam que  existem 2.739.151 domínios .br registrados atualmente no Brasil? É um número bem expressivo ainda mais se pensarmos que cada um destes domínios representa um possível site, e nenhum de nós vai chegar a ver nem a metade destes sites durante nossa vida toda. Sem contar quem uma boa fração destes sites nem vão durar mais de um ano. Tem uns que não chegam a durar meses no ar infelizmente.

O  que mais chama atenção são os domínios de pessoa jurídica com restrições (que precisam ter CNPJ especial para serem registrados). No infográfico podemos observar que domínios do exército no Brasil quase não existem, domínios do governo são ainda um numero pequeno em comparação com o enorme volume de domínios de ONGs.

Profissionais liberais ainda não parecem ter entendido a oportunidade que cada extensão de domínio oferece.
Se compararmos a quantidade de empresas e cooperativas de Taxi que existem no Brasil ao número de domínios com a extenção .TAXI.BR (que foi criado só para este segmento) se torna claro que provavelmente maioria das empresas e cooperativas nem tem site ainda, ou que seus sites utilizam outra extensão, talvez uma mais genérica, como o.COM.BR

Por outro lado, os advogados entenderam bem a oportunidade que se criou com os domínios .ADV.BR, que foram gerados exclusivamente para este segmento de prestação de serviços.

 

O fato é que podemos ao observar o volume de domínios registrados, ter uma noção, mesmo que vaga, de como está o estado atual da Internet no país, e se torna claro que o Brasileiro precisa estar mais presente. Se torna claro que a importância de ter presença na Internet ainda não é uma preocupação para uma grande maioria, e isso pode significar que empresas  e prestadores de serviços  e fabricantes de produtos que podem ser mega importantes e necessários estão, ou fora da Internet, ou sua presença digital online depende de estruturas fornecidas por empresas americanas e empresas internacionais, como por exemplos todos estes sistemas de blogs gratuitos e redes sociais.
No segundo caso, estão inflando com informações exclusivas, sistemas que não necessariamente tem qualquer responsabilidade em se manterem existentes, mas aproveitam de cada informação para gerar mais valor a si mesmos.

É preciso haver uma conscientização muito maior do que a Internet representa e as possibilidades que agora já começam a fazer parte do "básico" no mundo moderno da comunicação. Tornando cartas, telefone, livros, televisão, jornais, revistas, e rádio ultrapassados e em breve talvez até desnecessários.

O Brasil  da padaria, do agricultor, do taxista, do salão de beleza da esquina, dos artistas,  e até mesmo o Brasil dos profissionais não está representado de forma a espelhar nossa população real, nem mesmo a representar o número de pessoas que acessam a Internet no Brasil.

Devemos ver estes dados como um alerta de que não estamos instruindo direito nossos amigos e vizinhos, mas também é uma alegria poder ver que existem profissionais que estão no pico de sua presença digital, e estes com certeza estão recebendo os devidos frutos de seu investimento.

Falando em INVESTIMENTO, ter um web site profissional na Internet não é caro, e deve acima de tudo ser visto como um investimento e não uma despesa. Se comparar com qualquer outro grupo de ferramentas de comunicação, vais constatar que ter um web site na internet é a forma mais barata e de melhor custo/benefício da atualidade.