Imunização de Rebanho não é estratégia para combate a vírus

No meio da pandemia estamos vivendo uma crise internacional de saúde pública sem precedentes.
Em meio ao caos, um termo surgiu como se fosse uma solução: Imunização de Rebanho. Políticos e pastores que não tem nenhum conhecimento científico para entender o surgimento do termo, utilizam o termos como se fosse uma estratégia plausível para o combate ao Coronavírus.

Acontece que Imunização de Rebanho é o termo utilizado para animais quando eles já estão em grande parte imunizados, e assim garantem que o rebanho não se contamine. Esta imunização se dá através de vacina e não da exposição direta ao vírus ou doença.
E muito importante entender esta diferenciação porque algumas pessoas que não entendem o conceito tem falado abertamente que acreditam que "imunização de rebanho" se trata de expor o máximo de indivíduos ao vírus e assim obter a imunização.
Esta ideia é absurda e se for levada adianta seria um verdadeiro genocídio.

Estes problemas de falta da compreensão científica tem causado constantemente erros gigantescos no governo Brasileiro. O desconhecimento de como funciona a biologia, a ciência básica, faz com que governantes falem as coisas mais absurdas e algumas pessoas na população sem instrução também acabam confundindo o termo que é na verdade o RESULTADO de uma operação de vacinação como se fosse uma ESTRATÉGIA de imunização, e como acabo de explicar, são completamente diferentes.

Agora, em se tratando de seres humanos, a situação é ainda pior, pois não são animais que já estavam sendo contabilizados como lucro para o abate, mas sim cidadãos Brasileiros. Se forem expostos em massa ao vírus teremos mais de 1 milhão de mortes, talvez muito mais pois não há dados suficientes para determinar a capacidade de mortalidade do vírus Covid-19. Os dados demonstrados na Espanha sugerem que morreram 30 mil pessoas com uma exposição menor do que 6% da população que é de 47 milhões de pessoas. Se 70% da população tivesse contraído o vírus, seguindo o mesmo percentual de mortes, a Espanha teria tido entre 360 mil a meio milhão de mortes. São dados assustadores mas que revelam a real situação que poderia ocorrer caso a medida adotada para lidar com o Coronavírus tivesse sido a "imunização de rebanho".

Greg News fez um vídeo endereçando este assunto que é super pertinente e que precisa ser mais difundido, pois a população Brasileira está amplamente desinformada sobre estes termos e ao que eles realmente se aplicam e como eles são utilizados.

Como podemos constatar, a mentalidade de imunização de rebanho como se fosse uma estratégia para lidar com a pandemia de Coronavírus é uma estratégia incorreta e que demonstra completo e total desconhecimento dos termos técnicos e de como se obter a imunização de rebanho de fato.

Achei pertinente postar esta matéria justamente para alertar as pessoas que acessam aqui o site, e que por ventura possam ter ouvido este termo em algum lugar como se fosse uma estratégia e não o resultado de vacinação. Atualmente porém não existe vacina para o CoronaVírus e o governo Brasileiro está fora da colaboração internacional para investir em pesquisas para o vírus.