Igreja Evangélica construída ilegalmente é destruída com dinamite na China

Polícia Chinesa demole uma das Megaigrejas Evangélicas construídas ilegalmente no país.

Utilizando maquinário pesado e com auxílio de explosivos a polícia Chinesa demoliu uma das maiores igrejas evangélicas do país. Ela é a segunda igreja evangélica a ser destruída no pais.

Embora muitos digam que é uma decisão política, o jornal local informou que é mais uma das ações do estado para remover prédio ilegais, a igreja foi construída sem as permissões devidas e foi inicialmente disfarçada como um depósito até estar pronta.

Em dezembro de 2017  uma igreja católica ilegal também foi destruída.

Fonte: The New York Times

No Brasil o Templo de Salomão, igreja também evangélica que também foi construído violando as normas e regras da cidade, a Igreja Universal burlou a licença de templo, mas as autoridades competentes não fizeram nada ainda a respeito.

O ex-diretor, que comandava o Aprov (departamento municipal que liberava construções), é suspeito de comandar esquema de corrupção na aprovação de obras na capital, na gestão Gilberto Kassab (PSD).

Na China os cidadãos são livres para terem a crença religiosa que desejarem, mas o Governo Chines as vezes impede cultos e seitas que identifica como prejudiciais aos cidadãos.

Os evangélicos tem trazido sofrimento em muitos lugares do mundo, em países da Africa por exemplo, evangélicos vem incentivando homofobia relacionando gays com histórias de abuso infantil. Fonte: The Guardian