Gustavvo Lima faz live para chorar ao vivo após denúncias de shows superfaturados

Após o Ze Neto fazer declarações preconceituosas sobre a maior cantora do Brasil da atualidade, a Anitta, imprensa começou a verificar os pagamentos dos caches dos artistas sertanejos Bolsonaristas e encontrou valores exorbitantes nos cachês de contratações dos shows, feitos por cidades pequenas pelo interior do Brasil.
Os cachês altos levantaram suspeita, principalmente por que em muitos casos os valores são comparados e compatíveis ou até superior a orçamentos de infra estrutura das cidades, demonstrando que o dinheiro público nestes locais está sendo totalmente mal gasto para favorecer o suposto cantor.
Valores recebidos com dinheiro publico pelo Gustavvo Lima chegam a somar mais de 200 vezes o valor de teto de Lei Rouanet que foi criticada pelo Zé Neto.
A situação fica ainda mais esquisita quando se percebe que tanto os cantores quanto os prefeitos das cidades são declaradamente Bolsonaristas.
O escândalo pode desencadear uma nova CPI e novamente, Bolsonaro está indiretamente envolvido por serem pessoas ligadas á ele direta ou indiretamente.
Não faz sentido algum uma cidade investir em um único evento o dinheiro quase equivalente ao que gasta o ano inteiro com educação.

Veja abaixo um vídeo do pessoal da Galãs Feios comentando o incidente com humor e criticas severas.