Governo da Turquia ameaça bloquear Twitter no país

A Turquia ameaçou bloquear o acesso ao Twitter no país se o serviço de rede social não bloquear a conta de BirGun, um jornal diário que postou documentos vazados relacionados a uma incursão polícial/militar em um comboio da Agencia de Inteligência da Turquia foi publicado no NYT.

turquia-twitter

A ameaça veio apos um tribunal decretar que a incursão não poderia ser divulgada na media, por ser uma interferencia em uma investigação em andamento e também existem os perigos para o governo.

Embora o Twitter, junto com as outras gigantes redes sociais concordaram com a decisão judicial, e o Twitter removeu posts específicos, mas se recusou a bloquear a conta do jornal, que continuou postando novas mensagens.

Um representante do Twitter informou que "Dos mais de 60 mil Tweets da conta, Twitter impediu o acesso na Turquia a um pequeno numero de tweets que discutiam assuntos de segurança nacional que foram referenciados no pedido do tribunal". E disse que a empresa irá trabalhar duro para manter o serviço operante no pais.
Enquanto a oposição no pais está dizendo que o comboio de inteligência estava levando armamentos para os extremistas que estão lutando no regime da Siria, o governo Turco disse que os caminhoes estavam levando ajuda humanitaria para a minoria turca na Siria que estão presos no meio do conflito desde 2011.

De acordo com Techspot, esta não seria a primeira vez em que a Turquia ataca o Twitter. Em março de 2014 o pais bloqueou o serviço depois que o serviço foi utilizado para disseminar um vídeo do Youtube onde o governo estava sendo acusado de corrupção. Porém o serviço foi desbloqueado algumas semanas depois.