Google Wave não virou onda por detalhe

Email é uma ferramenta de mais de 20 anos de existência, todas as pessoas na Internet tem pelo menos um endereço de email pelo que se comunicam com outras pessoas. O e-mail é uma caixa postal eletrônica onde você recebe suas correspondências, e é também a interface pela qual você envia mensagens.

Um endereço de email pode ser muito importante, todos os sistemas em que você se cadastra, utiliza sua conta de email para verificar e autenticar seu cadastro.

Com todas as facilidades que os desenvolvedores podem agregar ao email, incorporando ferramentas de importação de conteúdo, players para os mais variados arquivos de mídia, a conversa por email ainda não é ideal, e só continua existindo por falta de algo que possa de fato substituir sem limites o mecanismo.

Quando o Google Wave surgiu, eu achei incrível, e como sou usuário do Google, para mim a ferramenta foi de fácil assimilação. Cheguei até a ter grupos de trabalho que mantinham todos os diálogos dentro do Wave.
O problema foi quando se tentou exportar essa facilidade para pessoas que não tem conta no Google.

Apesar de toda a facilidade e comunicação inteligente da ferramenta, o fato de não poder se comunicar com o mundo exterior se tornou um problema e provavelmente foi o principal motivo pelo qual o Google Wave não substitui os emails.

As pessoas tem no geral preguiça de entender e utilizar um novo sistema de comunicação, e convencer as pessoas que elas devem migrar e enfrentar o novo de frente é uma tarefa mais difícil ainda. Ainda mais se elas já conseguem obter os resultados necessários com as ferramentas que elas já estão utilizando.

Talvez o Google estivesse contando com o fato do Google Wave ser mil vezes mais eficiente para uma comunicação do que o Email e que as pessoas estariam dispostas a migrar por causa das opções tecnológicas avançadas, mas o que aconteceu, pelo menos em meu grupo foi das pessoas não conseguirem convencer mais pessoas a utilizar a ferramenta e portanto o Google Wave acabou se tornando apenas mais um aplicativo entre tantos outros que cada pessoa teria de ficar cuidando e administrando a comunicação.
Para ficar mais esquisito ainda, o Google Wave te envia um Email pra avisar que alguma atualização ocorreu em uma de suas Waves, isso para mim é quase que uma derrota assumida na proposta inicial da ferramenta, onde o Google simplesmente aceitou o fato de que deveria avisar no email das pessoas as atualizações demonstrando assim entender que o Email, pelo menos até agora é ainda insubstituível.

Mas com certeza algo foi aprendido com o lançamento do Google Wave, a forma como as pessoas interagem e o tipo de tecnologia que realmente faz a diferença na comunicação. Elementos do Google Wave podem ser visualizados agora por todo o espectro de ferramentas Google, desde o Email que agora está com até uma nova interface, até os mais recentes lançamentos do Google como por exemplo o Google Plus.

Eu sinceramente espero que o Google não desista do Google Wave e sim tente ajustar o sistema para a realidade em que os usuários realmente teriam vantagem em utilizar o Wave.

Muitas boas idéias surgiram no Wave e agora são facilidades comuns em outros aplicativos e desta maneira o Google está conseguindo fazer com que as pessoas conheçam e dominem as opções tecnológicas que sempre estiveram presentes no Wave e quem sabe no futuro o Wave não seja mais tão diferente de tudo e seja aceito e utilizado pelas mesmas pessoas que antes encontraram dificuldades em utilizar a ferramenta.