Google Analytics: Enviando os relatórios automaticamente por e-mail

Uma das coisas que clientes sempre querem saber é como andam os acessos em seus sites.
Na empresa de web onde trabalho, é bastante comum os clientes perguntarem sobre como andam os acessos. A gente sempre coloca o Google Analytics para fazer monitoramento dos acessos no site do pessoal. É uma ferramenta boa e ajuda um monte em entender a mente dos visitantes dos sites, independente do tipo de site.

O problema é que nem sempre os clientes sabem como logar no Google Analytics pra ver os relatórios com as estatísticas. Ficam perdidos!
Quando isso acontece, o cliente pode até se frustrar, algo que jamais queremos que aconteça!

Felizmente no Google Analytics é possível configurar a ferramenta para enviar os relatórios por e-mail.
Em qualquer tela de exibição de relatórios, o Google Analytics disponibiliza no topo da tela uma opção com um nome sugestivo: "E-mail".


É só clicar ali e mudar para a aba de agendamento, determinar para quem este relatório deve ser enviado, com possibilidade de incluir um grupo de pessoas, e informar a periodicidade, pode ser diariamente, semanalmente, mensalmente, ou a cada 3 meses.

O mais legal é que rola mandar os relatórios em vários formatos, tornando esta opção uma mão na roda para qualquer webmaster.
Ao efetuar este tipo de configuração, a gente acaba ajudando o cliente a entender seu site e seus visitantes "a força", pois ele vai acabar sempre olhando os dados, afinal, mesmo que o cliente possa olhar no site do Analytics, ele pode acabar até esquecendo.

Ver os relatórios de acessos é sempre importante para um web site na internet, e ter a certeza que o cliente (que é o dono do site) está visualizando estes dados é algo super importante.

Se você é desenvolvedor web, eu recomendo que coloque o Google Analytics para monitorar os acessos dos visitantes ao site. Lembrem de colocar o código do Analytics no rodapé do site, para evitar um carregamento lento da página, e para usuários avançados, alguns gostam de hospedagem o arquivo .js diretamente no site porque pode carregar mais rápido ( mas é totalmente desnecessário).

Acesse agora o Google Analytics, crie sua conta para obter o código e comece a monitorar os vistantes do seu site.