Documentário que prevê o mundo em 2050 elogia o Brasil

Gravado em 2015, o documentário que fala sobre os difíceis desafios da humanidade para chegarmos em 2050, elogia a forma como o Brasil tratava a questão ambiental na época, ao ponto de introduzir a solução Brasileira como a mais inteligente para conseguir contornar a situação de falta de combustível no mundo através do Etanol.

O que ninguém naquela época poderia prever é que o governo sofreria um imenso retrocesso com as eleições presidenciais de 2018. Com a pauta em explorar as riquezas das reservas indígenas, com a retomada do preconceito a pessoas pretas, índios, LGBTQIs e uma agenda financeiro que tem como foco privatizar tudo que puder.

Em menos de 2 anos, Brasil despencou 5 posições no ranking de países ricos. Com as constantes mudanças no governo, e posse de cargos por pessoas notóriamente incapazes para os cargos, brigas entre o presidente e seu partido, escândalos de corrupção por toda parte, ao redor do presidente Brasileiro, declarações absurdas e fantasiosas do presidente e dos ministros nas reuniões internacionais, um abandono global ao Brasil começou a acontecer.
Invés de sermos aquele pais moderador, inovador, tolerante, começamos a ser vistos como um país ignorante e retrogrado. Tantos abalos políticos no Brasil deixou o mundo inteiro em alerta com relação ao perigo que o mundo inteiro corre em termos de ambientalismo e futuro. A instabilidade de aparente perda total de controle se repete tantas vezes, chegando ao seu ápice com a chegada da pandemia em fevereiro, onde o governo Brasileiro, através de falas e ações do presidente Jair, acabaram comprovando para o mundo o que todos já suspeitavam, que o Brasil havia perdido o rumo.

O que deve ser questionado é aonde foi que erramos, e esta talvez seja a resposta mais óbvia, no impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Olhando em retrospectiva, fica claro que Dilma sofreu as consequências por não querer se corromper.

Um Brasil pobre, destroçado, sendo completamente abandonado pelo residente eleito, e disputas de poder no âmbito político impedem que as coisas se resolvam de forma eficiente, os problemas políticos, as investigações com a família do presidente e seus amigos, se arrastam por meses, e nesse meio tempo o presidente busca incessantemente por aliados para se manter no poder. Com este principal objetivo, o presidente Jair não governo o Brasil e ainda interfere de forma lamentável na forma como outros políticos tentam reagir aos problemas que são atualmente enfrentados.

Ultrapassando mais de 190 mil mortes por contágio do vírus pandêmico, o Brasil ainda está por enfrentar sua pior crise, que será após a nova onda de contágio que deve acontecer durante as festas de final de ano e natal pelo país.

Assistam o documentário, além de extremamente interessante do ponto de vista de como a tecnologia evolui e a ciência é a unica alternativa que temos para realmente progredirmos como sociedade, mas também para poder fazer uma comparação sobre como eramos vistos e agora.