Como fugir das restrições de imagens nas Redes Sociais

A Internet é um local já antigo, com mais de 25 anos no Brasil esta estrutura que já teve tantos significados e tantas opções, muitas vezes não é explorada da forma correta por simples desconhecimento das pessoas. O motivo disso pode ser muito bem por causa que a grande parte das pessoas que entrou na Internet entrou mais tarde e pegou só uma parte da construção da Internet e sendo assim não teve a chance talvez de conhecer os verdadeiros princípios básicos de uma presença digital. Outras pessoas apenas conhecem a Internet através de Smartphones que apesar de serem uma grande ferramenta para acessar rapidamente conteúdo, ainda são ferramentas simplificadas para produção de conteúdo e presença digital profissional.

Nada até hoje supera em termos de produtividade um dekstop

Algo que poucas pessoas se dão por conta em  termos de Internet e que muitas pessoas querem que isso não seja perceptível é que não se pode fazer tudo que se quer através de um Smartphone, simplesmente é impossível, por mais cheio de recursos que seja, por mais incríveis que estejam se tornando os apps.
Para desenvolver e criar algo absolutamente poderoso na Internet você ainda hoje vai precisar de um Desktop, os Smartphones ainda tem um enorme caminho a percorrer par se tornarem concorrentes ao Desktop, e apesar de eles não serem de fato uma proposta de concorrência para o desktop, os smartphones são ferramentas que muitas pessoas utilizam para produção de conteúdos e sua conectividade com  redes sociais favorece para que estes conteúdos sejam diretamente publicados nestas estruturas.
Os Smartphones são muito mais amigos das redes sociais e as redes sociais investem muito em estar presentes nos smartphones por causa da facilidade que é poder estar sempre notificando as pessoas sobre conteúdos novos, trazendo a pessoas constantemente pra dentro da rede social.

No desktop você inevitavelmente fica mais habituado a ver diversas fontes de entretenimento e conteúdo, e é bem possível que as redes sociais tenham menos importância e relevância ao longo do dia pois existem tantas outras coisas possíveis de se fazer com um desktop que as redes sociais são, dependendo do grau de curiosidade e interesse, algo muito limitado.

 

Antes das Redes Sociais era bom

 

Quem teve a sorte de vivenciar a Internet antes das redes sociais pode na realidade ter uma visão muito mais clara e abrangente sobre o que é a Internet e qual seu real potencial. Quando as redes sociais foram surgindo, elas apesar de tomarem conta de uma grande parte da fatia do mercado por causa da forma como elas obter informações sobre as pessoas usuárias e depois conseguem converter essas informações em anúncios direcionados, elas também fizeram com que grande parte do conteúdo da Internet ficasse de fora. Para quem conhece a Internet através das redes sociais, ou que ingressou na Internet após a era das redes sociais ter iniciado, simplesmente não teve a oportunidade de ver como informações e conteúdos relevantes eram interessantes. Naquela época não havia nem velocidade de conexão tão boa como  tem hoje porém havia informação de qualidade distribuída pela Internet e as pessoas realmente se prestavam a ler os conteúdos.

Agora com a capacidade enorme de velocidade de transmissão de dados e velocidade das conexões, é um ambiente ideal para poder usufruir destas vantagens para obter acesso a muitas informações, crescer e expandir o repertório de conhecimento diariamente em doses cavalares, porém não é isso que vemos, pois a grande maioria das pessoas ficam confinadas dentro do pequeno mundo de bolhas das redes sociais.

 

Conflitos de conteúdo com redes sociais

As redes sociais tem seus próprios limites e diretrizes que nem sempre se adequam ao que produtores de conteúdo desejam publicar, porém muitas das pessoas que recém entraram na Internet, nos últimos 5 anos por exemplo, não entendem que o "perfil pessoal" não é nada pessoal, e sim apenas uma forma das redes sociais conseguirem obter informações sobre aquele determinado indivíduo.
Elas não tem controle sobre o conteúdo que publicam, e em muitos casos, não podem nem sequer compartilhar seus conteúdos em um número muito elevando de grupos sem que sua conta sofra automaticamente restrições.
Para quem publica conteúdo artístico, por exemplo, apenas alguns tipos de arte são realmente aceitas, para quem quer falar de sua vida pessoal de forma realmente sincera, apenas uma fração da realidade da vida desta pessoa é aceita.
A censura das redes sociais é uma forma de assegurar não que informações incorretas sejam publicadas, nem mesmo que ódio e violência sejam disseminados, mas sim um certo pudor com determinadas expressões artísticas e libertárias, ainda mais quando se trata do corpo feminino.
Quem trabalha com arte, quem quer divulgar conteúdo artístico acaba sentindo fortemente a censura das redes sociais.

 

Como fugir da censura das redes sociais?

Para muitas pessoas, as redes sociais são o único meio de comunicação, isso porque elas não compreendem corretamente a Internet. Apesar de determinadas redes sociais serem gigantescas e terem informações sobre o mundo inteiro em termos de perfil psicológico e social das pessoas, elas tem bem menos informações e meios ensinar, ou até mesmo de aprender.
As redes sociais são nada mais e nada menos que mais um Website na Internet. Mas não são os únicos websites, de fato existem milhões de websites com muita informação, e o mais importante, qualquer pessoa pode rapidamente ter um website. Não é necessário estar concorrendo com as redes sociais para se ter um website, mas a ideia de poder ter  a liberdade de publicar o seu conteúdo de forma independente e sem precisar nem depender da autorização de uma rede social para publicar o que você quer é um diferencial tremendo e fortemente libertador.

Vou dar um exemplo, se você tem um site sobre amamentação, evidentemente, vídeos e fotos de seios irão fazer parte do seu conteúdo, por outro lado, se este tipo de conteúdo for para uma rede social, certamente será banido, e portanto seu trabalho, totalmente legítimo, sério e importante, completamente ignorado pelas diretrizes das redes sociais, enquanto isso se você publicar este conteúdo em seu próprio site, as pessoas poderão ter acesso ao conteúdo sem precisar depender de uma redes social para isso. Ao mesmo tempo, você pode simplesmente colocar na Rede Social um link, com uma imagem que certamente será aprovada e convidar as pessoas que seguem seu perfil por lá a acessarem o site.