Caminhada a favor da música e direito dos músicos de trabalhar

Convocação da caminhada cultural! Se você é de Porto Alegre e região, por favor compareçam na Rua Sofia Veloso com a República as 19 horas dia 28 de fevereiro.

Impedir músicos de poderem trabalhar é uma das  coisas mais absurdas que já vi nesta cidade.

Inaceitável que existam governantes nesta cidade que ao invés de melhorar e expandir a cultura local, queiram interferir e prejudicar uma classe que já não recebe praticamente apoio e subsídio algum da prefeitura e estado!

 

Caminhada cultural em defesa da música e do direito de trabalho
Dia 28/02 (terça-feira) 19h
Rua da República esq. Sofia Veloso
Traga seu instrumento
Há alguns meses acontece uma discussão a respeito do funcionamento dos bares da cidade Porto Alegre. Houve o fechamento de alguns, autuação de outros... mas essa discussão está virando um decreto municipal que proíbe música ao vivo em qualquer local comercial que não seja casa noturna. Com esse decreto muitos trabalhadores, não só músicos, perderão o direito de trabalhar. Baseado nisso, nós, músicos e cidadãos, organizamos um ato para repensar este decreto. Nossa proposta é coexistir harmonicamente, moradores e pessoas que fomentam a cultura, garantindo desta forma o crescimento cultural da cidade.
Proposta
no paragrafo 3º do art 1º do decreto,ainda não assinado, consta:
Ficam sujeitos ao horário fixado neste artigo os estabelecimentos comerciais que funcionem de portas abertas, sem isolamento acústico e sem música ao vivo, permitida somente música ambiente, abaixo de XX decibéis.
Nossa proposta é que seja permitida a música ao vivo até o horário de fechamento dos estabelecimentos dentro de um limite de decibéis.
Visto que a prefeitura, em nenhum momento, convocou a classe para essa discussão, pedimos que, pelo menos um representante dos músicos atuantes, participe do GT a ser realizado no dia 29 de fevereiro.
Obrigado pela atenção de todos!