Brasil pode atingir 2 milhões de casos de Covid-19

Brasil pode se tornar o pais com o segundo maior número de casos de Covid-19 na próxima semana!

Com o Governo Bolsonaro completamente ignorando as orientações da Organização Mundial da Saúde desde a primeira descoberta da Covid-19 no Brasil, fazendo até mesmo acenos e falas para que o comércio não fechasse.
A doença logo se alastrou pela pais inteiro.
Até que o STF conseguisse passar a autoridade para fazer Lockdown nas cidades e estados no Brasil, já era tarde de mais.
Hoje com mais de 90% das cidades Brasileiras com pessoas contagiadas, o Brasil é um dos casos em que a pandemia teve o pior desempenho de combate.

Para o Presidente Bolsonaro, a decisão do STF foi providencial pois assim ele poderia se eximir da culpa por não ter feito nada e colocar toda a responsabilidade nos governadores e prefeitos.
Infelizmente não se trata neste momento de pensar em política, e isso é algo que o Presidente Brasileiro ainda não se deu por conta, e talvez nunca venha a se conscientizar. Enquanto o mundo inteiro luta contra o vírus da pandemia, no Brasil o caos na política chega a ser tão grande por causa da má administração do Presidente Bolsonaro que as manchetes nos jornais chegam a deixar a pandemia de lado para relatas os enormes escândalos dentro do governo.

O Brasil até o momento desta matéria ainda está sem ministro oficial de saúde, e quem está ocupando a cadeira é um militar que em declarações públicas demonstrou não saber nem mesmo que que hemisfério do planeta o Brasil se encontra, ou seja, uma pessoa claramente incompetente para o cargo que é hoje o maior importante para o combate da pandemia.
Nas notícias oficiais chegamos a superar os 64 mil mortos no Brasil, porém existe a suspeita, desde o início do surto no Brasil de que os dados são sub notificados, ou seja, os números oficiais são menores, talvez inclusive muito menores do que os números reais. Como no Brasil não estão ocorrendo testes em massa da população, nem sequer se tem noção exata de qual a proporção de pessoas realmente infectadas.

Os hospitais aos poucos começam a ficar cada vez mais sobrecarregados enquanto que resoluções eficientes não são tomadas pelos governos, pelas prefeituras, e muito menos pelo Governo Federal.
O presidente não tem interesse em fechar o comércio e já falou isso varias vezes, inclusive em transmissão em cadeia nacional, relacionando o vírus a ser apenas uma gripezinha causando revolta em toda comunidade médica e científica global.
Pelo mundo, jornais condenam as atitudes de Bolsonaro. Em diversos países pelo mundo foram feitos programas que debocharam da ignorância descomunal do presidente Brasileiro, além de diversas charges. Apesar do mundo inteiro se manifestar, ainda assim Bolsonaro segue em sua postura negacionista. Nega que o vírus possa ser fatal e não quer que o governo se responsabilize pelo problema.
Enquanto outros países adotaram medidas dramáticas para impedir o avanço da doença, e também fornecendo auxilio emergencial de uma quantia em dinheiro suficiente para as pessoas seguirem se mantendo durante os períodos de LockDown, no Brasil Bolsonaro queria oferecer R$200,00 para a população. Somente através da ações de diversos partidos que este valor foi aumentado para R$600, o que também é um valor irrisório e insignificante levando em consideração quanto as pessoas precisariam de fato para se manterem vivas em casa sem precisarem sair para trabalham.
Enquanto o comércio vive a maior instabilidade dos últimos 100 anos, Bolsonaro, presidente do Brasil, não faz nada e se nega a fazer qualquer coisa que não seja negar o vírus.
Em recente comunicação oficial do governo agora após a prisão do Queiroz e diversas investigações dos ministros e seus filhos, amigos e parceiros, Bolsonaro é declarado infectado com a doença, e em menos de um dia, já grava vídeo dizendo que está se sentindo melhor graças ao remédio que ele vem fazendo propaganda desde o início da pandemia.
Em oportunidade anterior, Bolsonaro se negou a exibir o exame que havia feito, e após ser obrigado por ordem judicial a expor os resultados dos exames, apresentou exames que tinham resultado negativo, porém não tinham informação alguma que de fato comprovassem que eram dele. Neste segundo momento, quando ele é declarado infectado porém, ele prontamente exibe os exames e ao contrário de antes, os exames tem dados que comprovam supostamente que seriam dele.
Como Bolsonaro tem agido de forma duvidosa em relação a toda a questão do vírus, não se pode ter certeza nem que ele não estava infectado anteriormente, nem que ele estaria agora.

A BBC lançou um vídeo explicando a situação calamitosa em que o Brasil se encontra com relação a pandemia.
Vale a pena conferir os dados demonstrados.

 

Recomendado para você