Belo Monte - Anúncio de uma guerra

Às vésperas da maior instância de debate sobre meio ambiente no mundo (Rio+20), o documentário sobre a mais controversa hidrelétrica faz seu lançamento mundial na internet.


Belo Monte é a maior e mais polêmica obra dos últimos tempos no Brasil. Sua construção, rodeada de informações contraditórias, gerou reações diversas na sociedade brasileira e na comunidade internacional, tornando-se um grande tema de discussão.

Em novembro de 2011, no auge do debate nas redes sociais, Belo Monte, Anúncio de Uma Guerra lançou uma campanha de financiamento coletivo na internet para angariar recursos para a finalização do filme. O projeto já contava com mais de 120 horas de imagens capturadas durante dois anos, revelando a opinião de diversos entrevistados a respeito da construção da usina. Estas imagens foram feitas em Altamira, Brasília, São Paulo e durante três expedições ao Xingu. Porém, ainda faltava editar e finalizar o filme.

Na plataforma de arrecadação da internet (Catarse) foram pedidos R$114.000,00 a serem arrecadados em 30 dias. Esse montante foi alcançado em 10 dias, sendo que o total alcançado no fim da campanha foi de R$140.010,00, doados por 3.429 apoiadores de todo Brasil.

A estratégia de utilizar esse mecanismo surgiu por duas razões: não recorrer a dinheiro de empresas ou do governo para manter a autonomia do filme e engajar pessoas a partir de uma campanha que as aproximasse do tema. Buscava-se por um novo cinema na era das mídias sociais e, com essas características, o filme poderia cumprir sua função de alertar o máximo de pessoas sobre os reais impactos e interesses por trás da construção de Belo Monte.

Os objetivos inovadores da campanha foram alcançados, apontando para uma nova forma de financiar filme no Brasil. Isto porque, de um lado ficou clara a legitimação que o filme ganhou por ter sido financiado por aqueles que desejavam assisti-lo - pessoas sedentas por informação limpa e que questionavam a construção de Belo Monte. De outro lado, observou-se um engajamento notável de mais de 3 mil brasileiros (e até alguns estrangeiros), que apoiaram o projeto tão intensamente, que suas contribuições foram além da mera doação de dinheiro. Muitos apoiadores contribuíram decisivamente para a divulgação e produção do filme - a campanha aproximou cineastas, artistas, músicos e diversos outros profissionais que colaboraram efetivamente na concretização do projeto ao longo dos últimos meses.

Belo Monte, Anúncio de Uma Guerra poderia ficar muito mais meses na ilha de edição e finalização, mas a equipe acelerou o processo para conseguir lançá-lo no momento mais propício que poderia existir para isso: a Rio+20. Em junho de 2012, chefes de Estado de todo o mundo se reúnem na Rio+20 para debater o panorama ambiental e pactuar em ações que reduzam o impacto das atividades humanas na Terra. A sociedade civil promete estar em peso na conferência para pressionar os governantes a agir em prol do meio ambiente e Belo Monte, Anúncio de Uma Guerra é fruto dessa mesma vontade.

O documentário terá lançamento mundial no dia 17 de junho, às 19hs, simultaneamente no Auditório Ibirapuera e na internet. Nesse momento começará uma campanha nas redes sociais para que o filme tenha o maior alcance possível no Brasil e no mundo.

BELO MONTE, ANÚNCIO DE UMA GUERRA

Site oficial: http://www.belomonteofilme.org/

Campanha de financiamento coletivo: http://catarse.me/pt/projects/459-belo-monte-anuncio-de-uma-guerra

Facebook: http://www.facebook.com/BeloMonteOFilme

Twitter: @belomonteofilme

Equipe do Filme:

Direção: André D'Elia
Produção Executiva: André D'Elia e Bia Vilela
Direção de Fotografia: Rodrigo Levy Piza e Federico Dueñas
Direção de Som: Teo Villa e Diego Depane
Fotografia Still: André D'Elia, André Souza, Federico Dueñas, Rodrigo Levy Piza, Mauro Moreira, Cacá Meirelles e Thiago Mundano
Desenho de som: Thacio Palanca
Motion Grafics: Vital Pasquale
Montagem: Mauro Moreira
Trilha sonora: Beto Villares, Fabio Barros
Assistência de montagem: André Souza
Assistência de câmera: André Souza
Comunicação e Marketing: Caio Tendolini, Digo Castello Branco, Daniel Joppert, Thiago Mundano
Grafite: Thiago Mundano
Pôster: Marcos Rodrigues
Consultor de conteúdo: Céu D'Ellia
Site: William Fachineti
Empresa produtora: Cinedelia
Co-produção: Duca Filmes e Cinepro/Dot