Algoritmo de classificação de empresas femininas e outras soluções foram destaque no primeiro hackathon da Pluggy

O Hacka. ai Girl foi desenvolvido como forma de incentivar e inserir a participação de mais mulheres no mercado de tecnologia

 

Aconteceu no último final de semana, dias 23 e 24 de julho, o primeiro hackathon da Pluggy, o Hacka. ai Girl. O evento promovido pela fintech provedora de Open Finance foi voltado especialmente para as mulheres, visando aumentar a participação de mulheres no mercado de tecnologia.

 

A equipe vencedora foi a Pluggy Deméter, composta por Ana Lima e Paula Lima. A dupla criou um algoritmo de classificação de empresas femininas por meio de seus dados financeiros. Assim, fornecendo insights adequados para a tomada de decisão, de acordo com o perfil e momento do negócio.

Sobre a Pluggy

Fundada em 2020 por cinco sócios -- três brasileiros e dois argentinos -- a Pluggy permite que bancos, fintechs e empresas de outros segmentos agreguem contas de diferentes instituições financeiras por meio de uma única API, padronizando e categorizando dados para tornar viável a criação de soluções financeiras aos seus clientes, e consequentemente, uma experiência ainda melhor e mais personalizada aos usuários. A fintech já passou por diversos programas de aceleração como Y Combinator (Vale do Silício), Plug and Play, Oxigênio Aceleradora (Porto Seguro), Liga Ventures e Lift Lab (Banco Central).