A dificuldade das Lives no Brasil em quarentena e dicas para ter uma Live boa

Desde que começou a quarentena no Brasil muitas pessoas tiveram de interromper abruptamente seus trabalhos e ficar em casa. Estabelecimentos como academias, escolas de dança, entre outras atividades que professores dependiam exclusivamente de alunos estarem participando presencialmente foram cortadas. Esta mudança sem precedentes fez com que muitos professores tivessem de rever a forma como utilizam internet para trabalhar.
Muitas professoras de Yoga, de Dança, e de outros cursos diversos se viram tendo de lidar com a tecnologia de uma forma completamente diferente do que estavam acostumados.

Fazer Lives para dar aulas, para interagir com as pessoas nunca foi o forte de muitas pessoas que estão habituadas a fazerem tudo ao vivo, mas no momento que liga o botão de "gravando" ou "transmitindo" a forma como a pessoa reage é diferente.
Existe também o fato de entender como a captação da câmera é muito diferente de um olho, ou seja, a pessoa precisa se manter dentro do foco da câmera para que as pessoas que estão assistindo consigam visualizara explicação. Em muitos casos lives são dadas de forma completamente amadorística, sem nenhuma experimentação, apenas ligam o aparelho e saem falando como se isso fosse o suficiente, mas a verdade é que para as lives terem melhor desempenho inclusive com o público, seja este aluno, ou público em geral, é preciso ter algum planejamento.

Planejamento das Lives

Local

O primeiro e mais importante passo é definir onde as lives vão ser feitas. Existem neste caso diversos fatores para levar em consideração, o mais importante, é a conexão com a Internet. Não adianta você ter um local de sua residencia que é PERFEITO para filmar, se a conexão de Internet não chega até lá.

 

Conexão

Falando em conexão de Internet, pode ser que seja preferível você tentar fazer uma live através de um Notebook conectado via cabo á Internet do que através do sinal de Wi-fi, celulares também tem a necessidade de estarem com um bom sinal de Wi-fi para conseguirem transmitir.

Uma coisa sobre conexão com Internet que é muito importante entender é que a maioria das franquias de pacotes de serviços de Internet disponibilizam uma taxa alta de Download, mas não uma taxa alta de Upload.
Por exemplo, você pode fazer download de vídeos e assistir um Netflix ou vídeo no Youtube sem travar, mas transmitir com a mesma qualidade é outro papo, pois a velocidade de upload que a sua franquia de internet oferece geralmente é apenas um décimo ou menos da velocidade de download.
Enquanto você consegue baixar digamos 120MBs por segundo, você vai conseguir carregar em torno de 300Kbs por segundo. É uma diferença descomunal.

Você pode baixar um álbum completo de músicas em 1 minuto, mas vai levar 10x mais tempo para carregar este álbum, então entender estas limitações é fundamental para fazer lives.

Vale a pena verificar com sua prestadora qual a sua taxa de upload, e principalmente, enquanto estiver fazendo sua live, tentar impedir que qualquer outro aparelho na casa esteja fazendo transmissão de dados, especialmente enviando dados, até mesmo um Whatsapp pode causar interferência na sua capacidade de transmissão.
Faça o teste, inicie uma live, e peça para alguém conectado na mesma rede Wi-fi iniciar a enviar fotos pelo whatsapp para alguém. O resultado é possível de perceber, tanto na lentidão de envio das fotos quanto na baixa da qualidade da live.

Aparelho

O aparelho que você vai utilizar para fazer as transmissões também é importante, muito importante.
A qualidade da imagem, isso vai depender um monte da lente de filmagem do aparelho, portanto  se você vai por exemplo usar um celular, vale mais a pena usar a câmera frontal, aquela que fica na frente do aparelho, invés da câmera secundária, aquele que fica na tela. Geralmente os aparelhos mobile que tem duas câmeras tem a câmera melhor no lado oposto a tela.


Novamente, talvez seja melhor utilizar um note book ou computador com uma webcam de boa qualidade para transmitir. Notebooks e Desktops são, a principio, possíveis de terem mais capacidade de processamento, podem ser conectados diretamente na Internet através de cabo, e isso pode fazer uma enorme diferença.
A segunda coisa pra se levar em consideração é a capacidade de processamento do aparelho, principalmente se for um mobile, pois as lives, elas tem muito o que processar, o celular comprime o vídeo para enviar, mas ao mesmo tempo, ele recebe todas as mensagens de todas as outras pessoas que estão ali junto assistindo. A situação fica ainda mais complicada quando você está vendo as outras pessoas, pois o aparelho precisa processar não somente o vídeo que está sendo enviado, mas também todos os vídeos que estão carregando além de textos e outras notificações.
Quanto menor a capacidade de processamento do aparelho, pode ter certeza que irão acontecer travadas, perda de qualidade em tudo, imagem e áudio. Por este motivo, talvez a melhor alternativa para lives, seja, ou  ter um aparelho bastante potente, ou um computador desktop ou notebook.

Plataforma de Lives, Apps e opções.

Hoje, são inúmeras as plataformas de lives, porém algumas são melhores que as outras, e tudo depende mesmo para qual a finalidade da transmissão. Algumas ferramentas são melhores que outras para fazer transmissões ao vivo em massa, enquanto outras são melhores para fazer transmissões para grupos de pessoas. Vale a pena buscar por alternativas, fazer testes entre amigos ou familiares, antes de sair usando a plataforma de forma profissional com seus alunos, sem saber e ter de ir corrigindo na hora os problemas.

Iluminação

Está é uma das opções mais importantes da live. Quanto melhor iluminado estiver o local onde você ficará posicionada, melhor será a qualidade da imagem. Quanto mais luz estiver em você melhor, pois mais detalhamento a câmera consegue captar.
Porém não é só encher de lampadas e achar que tudo bem, pois luz direta causa sombra. É preciso usar algo para difundir a luz direta, evitando que ela cause sobras.
Algumas pessoas usam panos brancos, outras usam sombrinhas, existem também equipamentos profissionais de lightbox que você pode adquirir em sites de vendas online que custam pouco, principalmente se você pesquisar bem.


O importante é sabe que luz é fundamental, e que se você estiver com uma boa iluminação, as pessoas terão mais facilidade de ver detalhes do teu vídeo, mesmo que ele fique em algum momento com menor qualidade, equanto que se a luz estiver escura, o vídeo pode ficar bem mais borrado.

Nesse caso de luz, eu ainda diria que, o mais importante é você ter controle sobre a luz, ou seja, não depender de luz solar, pois uma hora o sol pode estar brilhando a mil no céus, e 5 minutos depois pode vir uma nuvem e tapar o sol durante a transmissão toda. Vale também lembrar que o sol causa muita sombra.

 

Capacidade da Rede no Brasil

Outro problema que você pode enfrentar é o congestionamento da rede. Existem evidentemente horários de pico onde mais pessoas estão conectadas, e principalmente, mais pessoas estão fazendo lives, isso faz com que os servidores das prestadoras de serviços de transmissão, assim como a rede de Internet Brasileira fique sobrecarregada.
Você pode perceber isso, que tem horários específicos onde a Internet pode ficar mais lenta em sua casa, se este for o caso, talvez você esteja em uma destas redes que ficam sobrecarregadas. Talvez muitos dos seus vizinhos estejam usando internet ao mesmo tempo, talvez seu bairro, ou até mesmo a sua cidade.
Evite então estes horários de pico de transmissão se o seu objetivo é por exemplo fazer uma live de aula para um grupo de alunos.
Opcionalmente, você pode tentar trocar de operadora, apesar que nem sempre isso pode resolver o problema, e até em alguns casos pode piorar. Vale consultar com seus vizinhos sobre que operadora utilizam e como sentem a estabilidade da rede. Preferencialmente pergunte para pessoas que trabalham com internet pois estas ficam mais tempo online e tem condições de dar um feedback mais realista.